MidiaMAIS

No dia dedicado aos professores, é preciso exaltar essa profissão ainda desvalorizada

No dia dedicado a eles, é preciso exaltar a importância de um professor na vida de uma pessoa. É ele quem constrói a base de vida estudantil ao transmitir os ensinamentos necessários para o crescimento crítico e educacional dos cidadãos.

Produção Publicado em 15/10/2020, às 14h51 - Atualizado às 14h51

Low angle shot of focused woman typing on laptop. Concentrated mature student studying with laptop at library. Technology, education concept
Low angle shot of focused woman typing on laptop. Concentrated mature student studying with laptop at library. Technology, education concept - Low angle shot of focused woman typing on laptop. Concentrated mature student studying with laptop at library. Technology, education concept

Hoje (15/10), é comemorado o dia do profissional que compõe a base educacional das instituições de ensino, o Professor. No dia dedicado a eles, é preciso exaltar a importância de um professor na vida de uma pessoa, não importa a etapa de formação. É ele quem constrói a base de vida estudantil ao transmitir os ensinamentos necessários para o crescimento crítico e educacional dos cidadãos.

“Ser professor é realizar uma missão de orientar e estimular as pessoas na evolução profissional e cidadã. É plantar a semente do conhecimento em cada estudante e a esperança que ela brote com frutos para o mundo”, revela a professora e escritora Antoniella Devanier.

Em tempos de pandemia do coronavírus, os professores precisaram se reinventar. Alguns, já estavam familiarizados com o uso da internet na vida acadêmica; outros tiveram que se adequar à tecnologia para agregar o lado positivo das ferramentas educacionais digitais em suas vidas.

Iniciativa do Educa Mais Brasil, programa de incentivo estudantil, por exemplo, se apresenta como aliada nesse processo. A plataforma Sala dos Professores, lançada pelo programa educacional, conta com um perfil no Instagram, o @saladosprofessores_oficial para promover a troca de experiências entre os profissionais da educação e contribuir para a formação continuada dos professores.

“Estamos criando um espaço místico e colaborativo a favor da educação”, define a professora de Redação Carol Silveira, 30, 12 deles dedicados ao universo educacional. Com a sala dos professores fechadas nos estabelecimentos de ensino, o espaço virtual vem quebrando fronteiras e permitindo um intercâmbio vivências que traz ganhos reais para quem vive o desafio de ensinar diariamente.

“Nasceu para ser uma sala de conhecimento compartilhado. É uma transposição da sala dos professores presencial para o ambiente virtual, para que a gente possa trocar experiências, socializar, compartilhar dicas”, conclui a professora estendendo o convite a quem se interessa pela temática da educação.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Jornal Midiamax