MidiaMAIS

Médica explica como usar e higienizar máscaras caseiras

Desde o início da pandemia provocada pelo coronavírus, uma corrida mundial em busca de máscaras de proteção fez com que elas sumissem das prateleiras. No entanto, o Ministério da Saúde do Brasil lançou uma campanha indicando que a população fabrique suas próprias máscaras de pano caso precisem sair às ruas para ir ao mercado, farmácia ou […]

Bruna Vasconcelos Publicado em 10/04/2020, às 10h03 - Atualizado às 10h32

(Reprodução)
(Reprodução) - (Reprodução)

Desde o início da pandemia provocada pelo coronavírus, uma corrida mundial em busca de máscaras de proteção fez com que elas sumissem das prateleiras. No entanto, o Ministério da Saúde do Brasil lançou uma campanha indicando que a população fabrique suas próprias máscaras de pano caso precisem sair às ruas para ir ao mercado, farmácia ou outros locais. As costureiras e empreendedores do ramo têxtil aproveitaram o boom de vendas para confeccionar modelos personalizados a fim de chamar a atenção dos consumidores. Apesar do grande número de pessoas correndo para garantir o acessório, o que pouca gente sabe é como as máscaras caseiras devem ser higienizadas e usadas para se tornarem eficaz contra o Covid-19.

Cirurgiã vascular da Unimed Campo Grande, Dra. Marília Lomonaco de S. Galhardo, explica como as máscaras caseiras são eficazes contra a contaminação se usadas corretamente . “É importante lembrar que a máscara funciona como uma barreira física, ou seja, as nossas gotículas de saliva e secreções ao espirrar não vão sair da máscara, porém, a trama do tecido por ser muito aberta, pode fazer com que partículas virais acabem saindo”.

A especialista ainda ressalta que associado ao uso da máscara caseira é essencial tomar alguns outros cuidados. “Além do uso da máscara é muito importante tomar algumas medidas para nos manter prevenidos do coronavírus, como higienizar muito bem as mãos com álcool 70%, manter distância de pelo menos 1 metro e meio de outras pessoas ao sair nas ruas e evitar colocar a mão no rosto, isso porque nossas mãos levam contaminação para as nossas mucosas”, pontua.

  • A máscara caseira deve ser confeccionada em dupla camada de tecido, que pode ser algodão, tricoline, malha, TNT ou algum outro que você tenha em casa;
  • Ela deve cobrir o nariz, a boca e ficar bem acoplada à lateral do rosto;
  • Deve ser de uso pessoal, ou seja, não deve ser emprestada a ninguém, nem mesmo a familiares;
  • Sua utilização não deve ser superior a 2 horas e deve ser trocada imediatamente se estiver molhada;
  • Antes de retirá-la do rosto, é importante higienizar as mãos e segurar pelo elástico, sem tocar o tecido, dobrá-la, e guardar em um saco plástico para ser higienizada em casa;
  • A higienização deve ser feita com água e sabão e depois, deixada de molho por pelo menos 10 minutos em solução com 10 ml de água sanitária para 500 ml de água.

Assista o vídeo completo:

Jornal Midiamax