Máscara e calor de MS podem causar acne; Confira como evitar o problema

A pandemia do novo coronavírus começou há alguns meses em Mato Grosso do Sul, desde então o uso de máscaras se tornou algo comum entre as pessoas. Seja no trabalho, nas ruas, shoppings ou lojas, além de obrigatório, muitos utilizam o utensílio em busca de uma proteção contra a Covid-19. Sendo considerada uma das medidas […]
| 19/11/2020
- 11:30
Máscara e calor de MS podem causar acne; Confira como evitar o problema
Imagem ilustrativa. (Foto: Reprodução) - Imagem ilustrativa. (Foto: Reprodução)

A pandemia do novo coronavírus começou há alguns meses em Mato Grosso do Sul, desde então o uso de máscaras se tornou algo comum entre as pessoas.

Seja no trabalho, nas ruas, shoppings ou lojas, além de obrigatório, muitos utilizam o utensílio em busca de uma proteção contra a Covid-19.

Sendo considerada uma das medidas mais efetivas para evitar a contaminação da doença, o uso de pode causar alguns efeitos não muito agradáveis as pessoas, o surgimento da acne.

Problema não muito agradável e que pode ser potencializado no , e o clima quente é algo natural nas cidades de Mato Grosso do Sul.

O Midiamax entrou em contato com uma especialista que deu algumas ‘dicas’ para que as pessoas que passam, ou melhor dizendo, não querem passar por esse problema, possam seguir.

A dermatologista Maria das Graças explica que primeiro é necessário entender que a acne é diferente de reação alérgica, e muitas vezes podem ser confundidas pelas pessoas.

“São coisas distintas, a máscara não causa nenhum tipo de reação alérgica, o que pode causar são produtos utilizados na hora da lavagem da máscara, como amaciantes, mas não o uso por si só”, explicou a dermatologista.

Dito isto, a acne é uma reação que apare por diversos motivos, como alterações hormonais e alimentação, um desses motivos é a oleosidade da pele, algo que pode ser potencializado com o uso da máscara.

“A pessoa que tem a pele oleosa, ou já enfrente problemas com acne, pode ter a situação potencializada com o uso da máscara, já que a pele fica ‘tampada’”, disse a médica, ao dizer que o calor também é um fator que potencializa.

Mas então como evitar o aparecimento da acne?

Maria das Graças explica que cada pessoa possui um caso especifico, mas alguns cuidados básicos podem ajudar a população de uma maneira geral.

Usar máscaras limpas: De acordo com a doutora esse é um dos principais cuidados, lavar bem as máscaras, sem usar produtos químicos, como amaciantes que podem irritar a pele

Trocar as máscaras: O ideal é que a pessoa troque a máscara ao menos uma vez ao dia, caso isso não seja possível, fazer a troca de um dia para o outro já pode ajudar muito, explica a dermatologista.

Limpar bem a pele: Vale lembrar que limpar bem é diferente de limpar várias vezes, “uma boa limpeza de manhã e antes de dormir, para retirar maquiagem, cremes, protetores solares já o suficiente’, comenta a médica.

Evitar a limpeza compulsória do rosto: Isso porque quanto a pessoa limpa o rosto muitas vezes ao dia a pele resseca e acaba gerando mais sebo, ou seja, mais oleosidade. “Aqueles que possuem a pele oleosa, uma limpeza apenas com agua no meio do dia já está ótimo, somada com a limpeza no início da manhã e à noite”.

Não utilizar lenços descartáveis: Segundo a dermatologista, esses produtos possuem muita química e isso pode gerar irritações na pele.

Em caso de acne, mantenha a calma e procure um médico

Maria das Graças explica que o aparecimento da acne, por esses motivos retratados, normalmente é passageiro e não causa sequelas a pele, ou seja, as pessoas podem manter a calma.

Mas não seja por isso que um médico não deve ser procurado, “caso a pessoa perceba que a pele está mais oleosa que o normal, pequenas elevações estão aparecendo, as vezes avermelhadas ou com pus, é melhor procurar um médico para que a situação não piore e seja tratada mais rápido possível”.

Veja também

Mo Li Kai-yin passou por duas cirurgias após ser atingido por telão de LED no final de julho

Últimas notícias