MidiaMAIS

Diploma digital: MEC anuncia primeiras universidades que emitirão documento digital

A emissão dos diplomas digitais em ambas as universidades teve início no mês de dezembro e acontece em parceria com a RNP.

Produção Publicado em 17/12/2020, às 14h30

None

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nessa quarta-feira (16) que o diploma digital já é uma realidade em duas universidades brasileiras. A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foram as primeiras a emitir o documento no formato digital.

A criação de um portal nacional com o intuito de verificar a autenticidade dos diplomas também foi anunciada pelo MEC. No entanto, a página deve ficar pronta até o fim do primeiro semestre de 2021. O diploma digital foi criado e homologado em 2019. O objetivo é trazer mais praticidade, sustentabilidade e segurança na certificação do ensino superior.

No futuro, as faculdades terão autonomia para realizarem a diagramação do diploma de acordo com o padrão da instituição. O documento será validado através da assinatura das instituições com certificado digital e o carimbo de tempo, que ateste a data e hora de assinatura do diploma.

Emissão

A emissão dos diplomas digitais em ambas as universidades teve início no mês de dezembro e acontece em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. O prazo estabelecido pelo MEC é que até o fim de 2021 as instituições de ensino estejam adequadas a esse processo. A adoção ao sistema de emissão de diplomas digitais acontecerá primeiro com as 69 universidades federais e os 41 institutos federais de ensino. Depois, o sistema deverá ser ofertado às instituições privadas.

O MEC também informou que, primeiramente, o modelo digital estará disponível apenas para os alunos que estão se formando. A pasta estuda a possibilidade de, no futuro, oferecer o documento digital para aqueles que já possuem um diploma de graduação.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Jornal Midiamax