MidiaMAIS

Blogueira de MS se pronuncia sobre vídeo em que acha graça de ter coronavírus

Após publicar um vídeo em que, aparentemente, acha graça de estar contaminada pela coronavírus, a digital influencer Lívia Tosta usou as redes sociais para se pronunciar sobre a polêmica causada pela postagem. Nas imagens, a empresária aparece sorrindo ao dar a notícia para os seguidores e aproveita para fazer propaganda de uma rede de farmácias […]

Bruna Vasconcelos Publicado em 14/07/2020, às 14h46 - Atualizado em 15/07/2020, às 12h38

Empresária pediu perdão (Foto: Reprodução)
Empresária pediu perdão (Foto: Reprodução) - Empresária pediu perdão (Foto: Reprodução)

Após publicar um vídeo em que, aparentemente, acha graça de estar contaminada pela coronavírus, a digital influencer Lívia Tosta usou as redes sociais para se pronunciar sobre a polêmica causada pela postagem. Nas imagens, a empresária aparece sorrindo ao dar a notícia para os seguidores e aproveita para fazer propaganda de uma rede de farmácias de manipulação de Campo Grande. Os internautas ficaram revoltados com a atitude da blogueira e chegaram a chamar ela de “sem noção”.

Depois da repercussão negativa, Lívia gravou um Stories no Instagram onde diz que nunca quis ofender ninguém e garante que é positiva com a vida. A influencer termina o depoimento pedindo perdão e falando que vem sofrendo um “discurso de ódio” que passou do limite da liberdade de expressão e, por este motivo, precisou tomar as medidas cabíveis.

“Quem me conhece sabe o quanto eu sou positiva com a vida, o quanto o meu proposito é levar esperança, auto estima  e bom humor neste momento tão difícil que a gente tá vivendo. Realmente não soou bem a maneira como eu me expressei, mas imagina você, se você recebesse uma notícia dessa?”

Lívia continua o vídeo agradecendo por não precisar ocupar o leito de um hospital e ter apresentado sintomas leves. A empresária ainda disse que existem pessoas que estão cobrando empresas para se posicionarem contra ela.

“Apesar de ter soado como ofensa o que eu falei, eu não agredi ninguém, eu não ataquei ninguém, eu não fiz aglomeração, eu não fiz festa. Eu segui todas as recomendações do Ministério da Saúde, eu fiquei na minha casa.”

Jornal Midiamax