MidiaMAIS

3º Seminário da Guavira terá participação de 16 estados brasileiros

Em virtude da pandemia da coronavírus, o 3º Seminário da Guavira será realizado on-line nesta terça-feira (8) com mais de 230 participantes

Carlos Yukio Publicado em 08/12/2020, às 11h06

None
3º Seminário da Guavira terá participação de 16 estados brasileiros

Em virtude da pandemia da coronavírus, o 3º Seminário da Guavira será realizado totalmente on-line nesta terça-feira (8). Realizado pela UFMS, Semagro, Agraer, Assembleia Legistlativa e Fiocruz, o evento recebeu inscrições de mais de 230 pessoas de 26 estados e 47 municípios.

“Por ser um evento estadual, ficamos surpreso com a participação de pessoas de outros estados brasileiros”, comenta uma das organizadoras do Seminário e professora da Faculdade de Ciências Farmacêuticas e Nutrição (Facfan) Raquel Campos. “Além de falar sobre o fruto em si, o Seminário é importante para conscientizar a comunidade sobre a necessidade de preservação dos biomas nos quais ela ocorre, entre eles os resquícios de Mata Atlântica, Cerrado e bordas do Pantanal”, explica Raquel.

3º Seminário da Guavira terá participação de 16 estados brasileiros

O Seminário Estadual da Guavira é um evento anual que ocorre com o objetivo de criar um ambiente de discussão referente as ações para fomentar atividades relacionadas a guavira, tais como: gastronomia, turismo, cultura, pesquisa, inovação, produtos artesanais, renda para comunidades/cooperativismo, extrativismo sustentável, geração de novos produtos à base do fruto.

Em novembro de 2017, a lei estadual nº 5.082 declarou a guavira como fruto símbolo de Mato Grosso do Sul, por conta da importância cultural dos guavirais e do consumo da fruta, bem como de produtos originados. Participaram da comissão avaliadora artistas e professores: Lucia Mont Serrat, Pedro Guilherme Garcia Góes, Antonia Hanemann, da Confraria Sociartista e Evelin Padilha Andrade. O melhor trabalho receberá um prêmio de R$ 1 mil.

O seminário contará com a apresentação de vídeos de jovens pesquisadores que desenvolveram ou estejam desenvolvendo estudos com a guavira entre os anos de 2015 e 2020. O objetivo é divulgar o conhecimento gerado e os resultados dos trabalhos técnicos ou científicos dos pesquisadores que contribuem para a conservação, restauração e uso sustentável da espécie, incentivando novos estudos.

A programação do Seminário da Guavira, que acontece nesta terça-feira dia 8 de dezembro, pode ser conferida nos canais do Youtube AGROEXTRATIVISTMOSUSTENTAVELMS – e Facebook – III Seminário Estadual da Guavira.

Com assessoria.

Jornal Midiamax