MidiaMAIS

Em show lotado, Nando Reis exala amor e protesta contra ditadura

O ruivo mais famoso do país mostrou o porquê é considerado um dos ícones do rock brasileiro, na noite do último domingo (28), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. Nando Reis prendeu a atenção do público em um show lotado de quase 3 horas recheado de hits, amor e críticas. […]

Bruna Vasconcelos Publicado em 29/04/2019, às 14h12 - Atualizado às 15h11

Foto: Divulgação / Hector Diego
Foto: Divulgação / Hector Diego - Foto: Divulgação / Hector Diego

O ruivo mais famoso do país mostrou o porquê é considerado um dos ícones do rock brasileiro, na noite do último domingo (28), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. Nando Reis prendeu a atenção do público em um show lotado de quase 3 horas recheado de hits, amor e críticas.

Até a chuva deu uma trégua para, pontualmente, às 20h todas as cadeiras do Palácio Popular estarem ocupadas de admiradores do cantor e compositor. Do lado de fora, cerca de 200 pessoas não chegaram a tempo e ficaram sem ingresso. Nando Reis ofereceu na Capital um show intimista que prendeu a atenção do público do começo ao fim. Munido de violão, o ruivo passeou entre os maiores sucessos da carreira, relembrou histórias, homenageou Roberto Carlos, criticou a ditadura e interagiu com a plateia.

Realiza Shows e Planet Mult eventos trouxeram Nando Reis na nova turnê como se ele estivesse na sala de casa. A vontade, o artista fez releituras de músicas famosas de Roberto Carlos como Amada Amante. As conversas com os convidados, entre uma canção e outra, reacendia ainda mais o coração dos apaixonados que estavam no local.

Samuel Rosa também teve composições interpretadas pelo roqueiro. Resposta e Dois Rios foram alguns dos hits que Nando fez questão de levar na bagagem. Além das famosas Relicário, Por Onde Andei e, claro, All Star, o ponto alto da noite foi quando os acordes do violão anunciaram a música “Rock’n’roll”.

Lançado no final do ano passado, o single tem quase 9 minutos de duração e aborda assuntos polêmicos como aborto, homofobia, corrupção polícia e caos social na web. O ex-titãs mostrou que não tem medo de falar o que pensa. Com entonação de voz nas estrofes dos temas espinhosos, Nando Reis foi ovacionado e aplaudido de pé pelo público.

“Vaca amarela guardou a panela e a camisa amarela saiu da janela. Onde foi parar aquela balela da fúria e indignação? Não tenho as certezas dos hinos que grita a multidão, mas finco a bandeira do arco-íris. Viva a liberdade de expressão!”

Em agradecimento aos gritos e palmas, o cantor levantou o braço e finalizou: “Censura e ditadura nunca mais.”

A noite terminou com um brinde ao amor. Em uma só voz, os convidados cantaram O Seu Amor Pode Estar Do Seu Lado e Nando Reis, mais uma vez, não decepcionou a multidão.

Jornal Midiamax