MidiaMAIS

Revolução francesa e escravidão: descubra por que 8 datas viraram nome de rua em Campo Grande

Andando pelas ruas da Capital, vendo a correria das pessoas, você já parou para pensar os motivos das datas das ruas de Campo Grande?

Carlos Yukio Publicado em 06/06/2018, às 07h26 - Atualizado às 14h11

14 de Julho: data da queda da Bastilha (Reprodução, Elvio Lopes)
14 de Julho: data da queda da Bastilha (Reprodução, Elvio Lopes) - 14 de Julho: data da queda da Bastilha (Reprodução, Elvio Lopes)

Andando pelas ruas do centro da Capital, vendo a correria das pessoas para lá e para cá atrás de ônibus e motivados pelos tic tacs dos relógios, você já parou para pensar quais os motivos das datas das ruas de Campo Grande? Umas parecem óbvias, como a 15 de Novembro e a 7 de Setembro. Mas e as outras? 24 de Outubro, você sabe que data é essa?

A redação do MidiaMAIS preparou um pequeno dossiê para você já estar craque quando estiver perambulando pelas avenidas da cidade. Dá uma olhada:

14 de Julho

Revolução francesa e escravidão: descubra por que 8 datas viraram nome de rua em Campo Grande

Uma das ruas campo-grandenses mais famosas, a “14”, como é mais conhecida, tem seu nome baseado em um momento histórico da Revolução Francesa: a Queda da Bastilha.

A “Queda da Bastilha” ou “Tomada da Bastilha” foi um evento e um marco histórico, uma vez que consistia num símbolo do absolutismo francês enquanto existiu e sua destruição se tornou o ícone da Revolução Francesa de 1789.

13 de Maio

Revolução francesa e escravidão: descubra por que 8 datas viraram nome de rua em Campo Grande

No dia 13 de Maio se comemora o Dia da Abolição da Escravatura. A lei Áurea foi assinada pela princesa Isabel, filha do imperador dom Pedro II, em 13 de maio de 1888, e proibiu a escravidão em território brasileiro. Na época, mais de 750 mil escravos ganharam a liberdade.

13 de Junho

Revolução francesa e escravidão: descubra por que 8 datas viraram nome de rua em Campo Grande

O Dia do Santo Antônio é a inspiração para o nome desta rua. O Dia de Santo Antônio é comemorado anualmente em 13 de junho. Santo Antônio de Lisboa, ou Santo Antônio de Pádua nasceu em Lisboa no dia 15 de agosto, provavelmente entre os anos de 1191 e 1195.

Em 1922 foi erguida a Matriz de Santo Antônio, uma das primeiras igrejas da cidade. A construção atual fica na Travessa Lydia Baís, na região central da cidade, e foi caracterizada como catedral metropolitana em 1991, em visita do Papa João Paulo II à Capital sul mato grossense.

Vinte e Cinco de Dezembro

Revolução francesa e escravidão: descubra por que 8 datas viraram nome de rua em Campo Grande

Essa é uma das ruas mais fáceis. A rua que corta a Afonso Pena tem esse nome devido à data comemorativa cristã do Natal. Originalmente destinada a celebrar o nascimento anual do Deus Sol no solstício de inverno, a festividade foi ressignificada pela Igreja Católica no século III para estimular a conversão dos povos pagãos sob o domínio do Império Romano e então passou a comemorar o nascimento de Jesus de Nazaré.

Sete de Setembro

Revolução francesa e escravidão: descubra por que 8 datas viraram nome de rua em Campo Grande

O dia da Independência do Brasil é comemorado nesta data. Também conhecido com o Dia da Pátria, a data busca lembrar sobre a Independência do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves em 7 de setembro de 1822. Reconhecida em 29 de agosto de 1825.

26 de Agosto

Revolução francesa e escravidão: descubra por que 8 datas viraram nome de rua em Campo Grande

O aniversário de Campo Grande é o motivo desta rua ter este nome. As primeiras casas de 1877, de precário alinhamento, formaram a primeira rua, antes chamada de Rua Velha, atual 26 de Agosto.

Campo Grande foi fundada pelo mineiro de Monte Alegre José Antônio Pereira, que chegou à cidade em 21 de junho de 1872. Porém, a emancipação do município de Nioaque só veio em 26 de agosto de 1899, há 113 anos.

31 de Março

Revolução francesa e escravidão: descubra por que 8 datas viraram nome de rua em Campo Grande

A Av. Fernando Corrêa da Costa antes era chamada de 31 de Março. Entretanto, a rua teve que mudar de nome devido as polêmicas da data: o dia do Golpe Militar de 1964 decorrente de fortes pressões de setores da classe média que levaram à queda do presidente João Goulart.

Depois da mudança para um nome mais leve, a polêmica foi esquecida. Fernando Corrêa foi um médico e político brasileiro que ocupou o cargo de senador e de governador de Mato Grosso por dois mandatos. O médico morou em Campo Grande em 1927 e fazia atendimentos à população à bordo de um Ford Bigode.

Primeiro de Maio

Revolução francesa e escravidão: descubra por que 8 datas viraram nome de rua em Campo Grande

A rua Primeiro de Maio fica no Jardim Monte Líbano e é caminho para grande parte dos campo-grandenses que vão do centro para os bairros como Coopharádio, Vilas Boas, Jardim Morumbi.

O Dia do Trabalho ou Dia do Trabalhador é comemorado anualmente em 1º de maio em diversos países do mundo, como Rússia, França, Espanha, Argentina, Portugal e no Brasil.

Nesta data também é homenageada a luta dos trabalhadores que reivindicaram melhores condições trabalhistas. Graças à coragem e persistência desses trabalhadores, os direitos e benefícios atuais dos quais usufruímos foram conquistados.

Jornal Midiamax