MidiaMAIS

Fora do tapete, yoga também é exercício de boas práticas no meio ambiente

Por mais difícil que seja alcançar a postura e as posições, possivelmente o yoga mais fácil é justamente aquele feito no tapetinho. Mas a prática vai além dos exercícios com o corpo e ganha reflexos nas pequenas atitudes diárias. E no Dia Mundial do Meio Ambiente, vale lembrar os impactos da filosofia do yoga. Em […]

Mariana Lopes Publicado em 05/06/2018, às 08h40 - Atualizado às 09h02

None

Por mais difícil que seja alcançar a postura e as posições, possivelmente o yoga mais fácil é justamente aquele feito no tapetinho. Mas a prática vai além dos exercícios com o corpo e ganha reflexos nas pequenas atitudes diárias. E no Dia Mundial do Meio Ambiente, vale lembrar os impactos da filosofia do yoga.

Em atitudes simples e boas práticas, ainda é possível transformar – e preservar – o mundo. Neste pensamento, a professora de yoga Tatiane Fernandes busca projetos e iniciativas para fomentar atitudes que direta ou indiretamente reforçam essa visão do cuidado também com o externo e o coletivo.

“Na busca de conhecer melhor sobre a prática e o estudo do Ser, tenho aprendido que podemos levar esta consciência para todas as nossas ações. Tenho um grande amor pelo yoga e acredito que através desta união de corpo, mente e alma temos a possibilidade de nos tornarmos pessoas melhores e assim podermos ajudar na possibilidade de um mundo melhor”, ressalta Tati.

Para começar, ela colocou os alunos para repensarem o lixo que geram e o que fazem com ele. Então, na escola dela, Tati resolveu apoiar duas iniciativas: o Eco Balde e o Menos Um Lixo.

Atitudes sustentáveis

O projeto Eco Balde é de Campo Grande e funciona assim: a pessoa tem direito a um balde para depositar os resíduos de alimentos que produz em casa. Semanalmente, é feita a troca deste baldo e realizada a compostagem destes resíduos. No final de cada mês, o lixo orgânico que a pessoa produziu é devolvido a ela como adubo ou alguma muda de planta.

A coleta dos baldes  é feita de bicicleta, para gerar ainda menos impacto no meio ambiente. Por ser desta maneira, o projeto não consegue alcançar toda a cidade, então Tati colocou a escola dela como um ponto de coleta. E para incentivar os alunos a aderirem à prática, ela oferece desconto nas mensalidades dos alunos que participam do projeto.

“O modo como o resíduo é tratado hoje causa problemas ambientais e sociais. E a compostagem é importante por possibilitar o ciclo natural do orgânico: sai do seu prato, vira adubo que alimenta a planta, que volta para o seu prato. Como sempre aconteceu na natureza. Cada um é responsável pelo que produz, temos que assumir essa responsabilidade”, pontua Günther Medeiros Frantz, engenheiro e criador do projeto.

Sobre a parceria com o Menos Um Lixo, projeto com sede no Rio de Janeiro, a ideia é incentivar o movimento dos copos reutilizáveis, trazendo-os para venda aqui em Campo Grande. Estes copos são livres de BPA, metais pesados e ftalatos, feitos de material reciclável, com design e produção 100% brasileiros.

Para Fernanda Cortez, defensora da ONU para a campanha Mares Limpos e idealizadora do Fora do tapete, yoga também é exercício de boas práticas no meio ambienteMovimento Menos 1 Lixo, o objetivo é causar e possibilitar a mudança de comportamento, fortalecendo assim consumidores empoderados e conscientes de que cada um pode e deve agir para um mundo mais limpo, próspero e sustentável.

“Eu acho que são os pequenos hábitos que vão te dar o panorama do todo. É um processo gradativo, ou seja, cada vez que você fortalece um pequeno novo hábito, você vai mudando o seu olhar, sua visão de mundo e revê outros hábitos. Eu acho que é um ciclo virtuoso de elevação da consciência, a cada dia você vive uma nova descoberta”.

E além dessas iniciativas, Tati procura sempre apoiar projetos sustentáveis e levar aos alunos, como forma de praticar yoga fora do tapete.

“No Shanti, temos sempre a iniciativa de apresentar aos alunos novas possibilidades de sermos mais gentis com o meio ambiente. Em breve teremos canudos reutilizáveis para venda e também nosso bicicletário, incentivando os alunos a virem para a aula de yoga sem poluir o meio ambiente. Sempre que possível oferecemos cursos e vivências na natureza”, conta Tati.

Fale MAIS!
O que você gostaria de ver no MidiaMAIS?
Envie sua sugestão para o e-mail [email protected], ou pelos telefones 67 99965-7898/3312-7422.

E SIGA a gente no INSTAGRAM @midia_mais_

Jornal Midiamax