MidiaMAIS

10 filmes e séries inesquecíveis para homenagear os professores

Nesta segunda-feira, dia 15 de outubro, é comemorado o Dia do Professor, e para festejar essa data especial nada melhor do que uma maratona de séries e filmes com mestres inspiradores para curtir o dia. Então prepara a pipoca, porque o MidiaMais separou 10 filmes e séries com os professores mais icônicos da telinha para […]

Tábata Rauschkolb Publicado em 15/10/2018, às 10h50

None

Nesta segunda-feira, dia 15 de outubro, é comemorado o Dia do Professor, e para festejar essa data especial nada melhor do que uma maratona de séries e filmes com mestres inspiradores para curtir o dia.

Então prepara a pipoca, porque o MidiaMais separou 10 filmes e séries com os professores mais icônicos da telinha para você se deliciar em plena segundona.

Michael Jackson Popcorn GIF - Find & Share on GIPHY

Mentes Perigosas

Nossa lista começa com um clássico do cinema, baseado em fatos reais.

O filme conta a história de uma ex-oficial da marinha que abandona a carreira militar para realizar o sonho de ser professora de inglês. LouAnne Johnson acaba em uma escola completamente sucateada, em uma região pobre e sem perspectiva da cidade. Para lecionar ela precisa enfrentar as dificuldades de uma realidade violenta, alunos com muito potencial e nenhuma oportunidade.

Ao Mestre Com Carinho

Esse clássico britânico, de 1967, fez história no cinema, conquistou o primeiro lugar no ranking da revista Billboard em seu lançamento.

O filme retrata Mark Thackeray, um engenheiro que aceita lecionar em uma escola barra-pesada de Londres. O longa quebrou paradigmas ao retratar dramas sociais e raciais com a jornada de Mark.

Sociedade dos Poetas Mortos

Lançado em 1989, o filme influenciou todo uma geração, ‘Sociedade dos poetas mortos’ é um manifesto ao livre pensamento. O longa conta como o professor John Keating inspira e incentiva seus alunos a seguirem suas paixões, a se libertarem das amarras do mundo e viverem seus sonhos.

Merlí

Série catalã lançada em 2015, disponível na Netflix, e fortemente inspirada em ‘A sociedade dos poetas mortos’, mostra o cotidiano de Merlí, um professor de filosofia que usa métodos de ensino não convencionais e defende o livre pensamento de seus alunos.

Cada episódio da série é baseado nas ideias de um filósofo, que serve de fio condutor para os acontecimentos, Merlí debate temas polêmicos e incentiva que seus alunos lutem por seus posicionamentos e reflitam sobre sua realidade.

O sorriso de Mona Lisa

Lançado em 2003, o filme conta a vida de Katherine Watson, uma professora de história da arte que leciona em uma escola para meninas nos anos 50.

Katherine quebra paradigmas e enfrenta preconceitos ao tenta abrir a mente de suas alunas através da arte, a professora luta para que as alunas busquem seus sonhos e resistam o cotidiano machista da época.

Mr. Holland – Adorável Professor

Esse drama musical, lançado em 1995, conta a história de Glenn Holland, um músico que decide começar a lecionar por questões financeiras. Glenn enfrenta dificuldades e quebra estereótipos para fazer com que seus alunos se interessem pela música. Com uma trilha sonora impecável, o longa conta com clássicos como The Beatles, Rolling Stone e Leonard Bernstein.

Rita

Outra opção disponível na Netflix é Rita, lançada em 2012, a série dinamarquesa conta com 4 temporadas, o drama gira em torno de Rita Madsen, uma professora irreverente, não convencional e sem papas na língua, apesar de amada pelos alunos, ela luta contra preconceitos e estereótipos em seu cotidiano.

Escritores da Liberdade

Baseado em fatos reais, esse drama lançado em 2007 é inspirado nos relatos do livro The Freedom Writers Diariesé. Estrelado por Hilary Swank, o filme fala sobre os desafios da educação em locais pobres e violentos, onde estudantes não encontram perspectivas para o futuro. A professora  Erin Gruwell assume uma turma de alunos problemáticos e busca formas de dar voz aos jovens em um ambiente hostil.

Entre os muros da escola

Um longa francês, lançado em 2008. Conta a vida de François Marin, um professor de língua francesa da periferia de Paris.

O filme mostra o drama de François e seus colegas na difícil tarefa de fazer com que os alunos aprendam e se interessem pelo estudo. Em um ambiente complicado, de descaso e violência, esses professores rompem barreiras para mudar a realidade da escola.

O substituto

Lançado em 2012, o filme mostra o ambiente escolar pelos olhos de Henry Barthes, um professor substituto de ensino médio, que apesar de ter o dom de se comunicar com os jovens prefere não criar vínculos com ninguém.

Henry enfrenta os maiores desafios de sua vida quando se vê em uma escola pública com professores desmotivados, adolescentes violentos e decide tentar fazer a diferença, ele põe em cheque todas as suas certezas e precisa se reinventar para isso.

Jornal Midiamax