MidiaMAIS

Vencedora em 2007, Thaeme diz que reality shows musicais são ilusão

"Tem que ter cabeça no lugar", diz cantora.

Midiamax Publicado em 03/05/2016, às 22h06

None
thaeme.jpg

"Tem que ter cabeça no lugar", diz cantora.

Depois de vencer a segunda temporada do “Ídolos”, exibido em 2007 no SBT, Thaeme só conseguiu visibilidade na carreira em 2011, após lançar a dupla Thaeme e Thiago, que foi apadrinhada pelo cantor Sorocaba. A artista dá um conselho as pessoas que sonham em fazer sucesso ao participar de um reality show musical. "O caminho não é fácil".

Cinco anos depois, eles acabam de lançar o DVD “Ethernize – Ao Vivo” e a cantora colhe os frutos do sucesso. Thaeme, que precisou de ajuda financeira do pai no início da carreira e é formada em Farmácia, disse que quase pensou em desistir da música. 

“Tem que ter cabeça no lugar, até eu me iludi, a gente sai do programa achando que vão te lançar e que você vai acontecer e pronto. Você é apresentado no final do programa como o novo ídolo do Brasil, é contruída uma ilusão em torno disso, então, claro, você sai iludido de lá”, conta.

Para não ficar deslumbrada, ela manteve os pés do chão: “Não me arrependo de ter participado do ‘Ídolos’ foi uma vitrine muito importante. O Sorocaba passou a conhecer o meu trabalho no programa. Ele disse que viu que eu tinha um potencial, um algo a mais. A partir daí a gente conversou um pouco, mas de imediato não rolou nada porque eu já tinha um escritório, estava com uma gravadora. Mas aí quando eu estava quase desistindo, ele me deu um voto de confiança. É um desafio muito grande você conseguir se manter no mercado”, explica ela.

Thaeme começou a cantar aos 8 anos e chegou a formar uma dupla sertaneja com a irmã, Priscilla. Juntas, elas fizeram algumas participações no quadro “Talento Kids” no programa da Eliana, ainda na Record.

Jornal Midiamax