MidiaMAIS

Músico e radialista Zézinho, do Grupo Acaba, morre aos 61 anos

Sepultamento será amanhã às 9h

Daiane Libero Publicado em 03/05/2016, às 15h13

None
13151796_1158303980866704_5091370960503395085_n.jpg

Sepultamento será amanhã às 9h

A luta contra um câncer na coluna já durava cinco anos, e o músico, professor, engenheiro civil, compositor e integrante do grupo Acaba, José Charbel Filho, o Zézinho, morreu aos 61 anos em sua casa, na madrugada desta terça-feira, em Campo Grande. O sepultamento será amanhã às 9h, e a despedida de fãs, amigos e familiares será hoje a partir das 17h, no Cemitério Parque das Primaveras.

"Um homem sem fama, de tanto ter pena, perdeu a canção", diz uma das músicas do grupo Acaba, os "cantaDORES" do Pantanal. O grupo ainda estava em plena atividade com a colaboração de Zézinho, muito querido pelos músicos. Em nota oficial, o grupo Acaba declarou: "Engenheiro, homem honrado, professor, radialista, musico e compositor de grande talento, amigo e integrante do Grupo ACABA".

Zézinho tocou ao lado de uma banda nos anos de 1960 chamada Mini Boys, em bailes e festas da cidade na época. No grupo Acaba, que já tem 50 anos de vida, ele foi um dos principais compositores. Além de deixar o legado imortal de sua banda e sua história musical, Zézinho deixa sua esposa, três netos e três filhos. 

Músico tocando há três anos em evento familiar / Foto: Arquivo pessoal

Jornal Midiamax