MidiaMAIS

Evento mistura solidariedade e rock hoje em bar da Capital

Músicos se organizam para ajudar família precisando de doações

Daiane Libero Publicado em 29/06/2016, às 11h36

None
13151450_1799502326944382_8894653477924823055_n.jpg

Músicos se organizam para ajudar família precisando de doações

Acontece hoje, no Blues Bar MS, em Campo Grande, o evento "Solidariedade Rock" em prol de Humberto Queiroz, 42 anos, que sofreu um acidente há três meses na Bolívia e está em coma em sua casa. Músicos de Campo Grande que fazem parte do coletivo Confraria do Rock decidiram realizar uma festa nesta quarta-feira (29), às 20h, para colaborar com a mãe de Humberto, Maria Madalena Queiroz, 67 anos. O evento faz parte da "Quarta Solidária", quando o bar abre shows para colaborar com causas humanas. 

O apelo vindo de um sargento da Polícia Militar foi o que fez os músicos se mobilizarem. "na minha vizinhança moram duas idosas, uma de 97 e a outra de 67 anos, mãe e filha. As duas moram sozinhas em uma casinha bem simples e estão com o filho/neto em coma na própria casa, sem qualquer tipo de recurso. Estou convidando a todos para ajudarem no que for preciso. Estão precisando de nós e não faremos outra coisa senão nos mobilizar. Ajudem com o que vocês tiverem condições, mas façamos todos a nossa parte", dizia o apelo. Após entrar em contato com o policial, os músicos decidiram ajudar. 

Banda Hellmotz é uma das que participam do evento / Foto: Divulgação

Na programação estão confirmados shows das bandas Hellmotz, Moscas de Bar, Space Dog, Embrace the Devil, Substelar, Tio Zé e Vinil de Pedra. Vários músicos se dispuseram a participar no dia, entre eles Miguelito (Beatles Maníacos), Hugo Carneiro (Haiwanna), Tiago Além (Inexperience), Alex Kundera (Inexperience, Tio Zé), Marcelo Lage, Arnaldo Polidório (Control A), Caio Dutra (Hollywood Cowboys) e Luis Henrique Ávila (Blue Company). A artista e locutora Flávia Fontoura será mestre de cerimônias do evento. 

SERVIÇO – O Solidariedade Rock acontece a partir das 20h, na rua 15 de Novembro, 1.186. Contribuições podem ser feitas pelo telefone: (67) 9 8449-7443.

Jornal Midiamax