MidiaMAIS

Encenação da Paixão de Cristo no centro reúne cerca de 800 pessoas

Fiéis lotaram Paróquia de Santo Antônio 

Júlia de Miranda Publicado em 25/03/2016, às 21h26

None
img-20160325-wa0023.jpg

Fiéis lotaram Paróquia de Santo Antônio 

Cerca de 800 pessoas se reuniram na Paróquia de Santo Antônio na tarde desta sexta-feira (25), com o fim de participar da celebração da Páscoa. Na ocasião também foi exibida a encenação da VIa Crucis de Jesus Cristo, símbolo maior da igreja católica.

Munidos de muita sensibilidade e dedicação, o grupo, que integra membros da Paróquia de Sidrolândia, usa do teatro para mostrar como foi toda essa trajetória de Cristo, desde o seu julgamento à sua crucificação e morte no calvário. O diferencial da Paróquia Santo Antônio, no entanto, é que durante a peça, os espectadores são conduzidos para a área externa da igreja.

O comerciante Francisco Arruda, 38, que assumiu o papel de um soldado romano, relata que os ensaios começaram há duas semanas. “O que eu pretendo é mostrar emoção durante a apresentação e tocar realmente quem está assistindo” afirma.

A mãe de Jesus, Maria, é representada por uma mulher negra – natural, já que Cristo possivelmente tinha a pele mais escura por ser do Oriente Médio. O pecuarista Tarso Adamis, 31, que representou o principal personagem na trama, Jesus, não escondeu sua emoção. “Sinto uma imensa gratidão. Preparei-me para o papel frequentando as missas e com jejum. Assumi essa grande responsabilidade e estou muito feliz”.

Aproximadamente 800 pessoas compareceram ao local para relembrar o drama vivido. A colaboradora da igreja, Elaine Rachid ressaltou a importância da data no calendário cristão. "É uma data muito importante e a encenação da Paixão de Cristo, além de muito bonita, ainda reúne toda a comunidade para a celebração da Páscoa", conclui.

Jornal Midiamax