MidiaMAIS

17º Festival de Bonito divulga programação e público reclama de atrações sertanejas

Evento homenageará Geraldo Roca

Daiane Libero Publicado em 24/06/2016, às 20h06

None
barradasaia.jpg

Evento homenageará Geraldo Roca

A FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul) havia negado os boatos de que as atrações principais do Festival de Inverno de Bonito, que chega à sua 17ª edição, seriam os artistas Elza Soares e Nação Zumbi, além da homenagem ao músico Geraldo Roca, mas na manhã desta sexta-feira (24), a programação foi divulgada confirmando esses nomes num total de 83 atrações musicais e artísticas. 

Além dos dois grandes nomes, conhecidos por shows impressionantes do cenário nacional, algumas atrações do sertanejo parecem ter revoltado quem vê no evento outro tipo de espaço. Foi o que aconteceu com a gerente de projetos Renata Oliveira, 27 anos, que acompanhou a divulgação e se diz revoltada. "Já fizeram isso com a rádio Educativa. Agora temos um festival com espaço para sertanejo", dispara. 

O problema, para ela, é que o segmento do sertanejo tem um espaço considerável nas grandes mídias e mais apoio para produzir. "Agora, os grupos de música regional, de sons diferentes, independentes, não tem tudo isso. Acho que a produção não está se importando muito com a história do evento", opina. 

Duas atrações sertanejas foram a dupla Leo Goiano & Girsel da Viola, de Camapuã, e também a banda de sertanejo totalmente feminina Barra de Saia. "O sertanejo, da forma que é feito hoje, não tem absolutamente nada a ver com um festival onde vai tocar Nação Zumbi e Elza Soares, além de bandas locais muito bacanas que se empenham para viver de música. Eu vou para ver os artistas que gosto, e felizmente algumas atrações compensam isso", afirma o empresário Alessandro Costa, 32 anos. 

Algumas pessoas gostaram da programação, como a estudante Bruna Silva Araújo, 22 anos. "Eu gostei. Acho difícil agradar todo mundo, não faz nem sentido isso, então o pessoal vai sempre reclamar de alguma coisa", acredita. Dentro da programação, tendas de literatura, espaços para artesanato, exposições de arte e outras atrações prometem agradar o público, além da música. 

Confira a programação completa do festival:

28/07

17h às 22h – Exposição de Artes Plásticas sobre a Divisão do Estado
17h às 22h – Espaço Literatura, espaço de Artesanato e Tenda dos Saberes Indígenas
17h30 – Cortejo Musical Vai que Vem (MS)
18h – Show da Orquestra Filarmônica Jovem do Pantanal (MS)
19h – Abertura Oficial – Homenagem à Paulo Boggiani e Geraldo Roca
20h – Show Tributo a Geraldo Roca
21h – Show Barra da Saia (SP)

29/07

O dia todo – Tenda dos Saberes e exposições de literatura, mostras de cinema e outras atrações fixas
16h30 – Cortejo Musical Vai que Vem (MS)
14h às 16h – Mostra de cinema de MS 
17h – Circo Poropopó Varieté (MS)
20h – Show Santo Chico (MS)
21h – Show Nação Zumbi (PE)

30/07

O dia todo – Tenda dos Saberes e exposições de literatura, mostras de cinema e outras atrações fixas
16h30 – Cortejo Musical Vai que Vem (MS)
17h – Teatro "A Moça da Cidade" (MS)
18h – Circo "Um Café da Manhã" (SP)
20h – Show com banda Curimba (MS)
21h – Elza Soares (SP)

31/07

O dia todo – Tenda dos Saberes e exposições de literatura, mostras de cinema e outras atrações fixas
16h30 – Cortejo Musical Vai que Vem (MS)
18h – Dança/Teatro infantil Vila Tarsila (SP)
19h – Show Leo Goiano & Gisel da Viola (MS)
20h – Show Renato Borgetthi e Yamandu Costa

Jornal Midiamax