MidiaMAIS

Para férias ser mais divertida, pais criam roteiro com visita a museu a filminho no cinema

O casal se reveza para deixar as férias de Luke mais divertida

Carol Alencar Publicado em 11/07/2015, às 09h00

None
capa_mae_programacao.jpg

O casal se reveza para deixar as férias de Luke mais divertida

Os pais de Luke, de 2 anos e 4 meses, Melissa Tamaciro e Alexis Prappas pensaram em uma programação de férias diferente para entreter o pequeno no período das férias de julho. O casal, que é autônomo, pensou em várias estratégias e até criou um cronograma para cumprirem a risco, cada dia de férias do filhote, que começou na última segunda-feira (6) e segue até o domingo que vem, que será dia 19 de julho, eles deram várias opções de lazer e divertimento nas férias.

“Nosso trabalho é maleável, nós que fazemos o nosso horário e pensando sempre no Luke, a gente não quis fazer das férias dele, aquela coisa de ficar só em casa, com filminhos e curtindo o frio, queríamos inovar e fazer com que ele curtisse, de fato, os dias sem ir para a escolinha, e nos dividimos”, relata a mãe.

Mell surpreendeu a todos quando mostrou a programação fofa feita de presente pelo dindo do Luke – o designer Diego Borges Ouro Preto, que mora em São Paulo, em um grupo de mães do WhatsApp. 

Dedicada ela e o marido criaram várias atividades para se curtir, em Campo Grande, nas férias. “Começamos pela estratégia de aproveitar o que a nossa cidade oferece às crianças e colocamos na planilha de férias e quando a gente fala em opções em grupos de mães e tal, a gente sempre se depara com dúvidas de dias para ir a algum lugar e tal… eu pensei em mandar a programação de férias do Luke e convidar a todas as mães que quiserem entrar na nossa, e tem dado certo”, avalia.

Na programação, que está sendo cumprida pelos papais do Luke e até pelos amiguinhos dele, incluem circuitos de bike no Parque das Nações Indígenas, passeio ao Museu Dom Bosco com direito a livrinhos de bichos para estimular a imaginação das crianças, construção de caixas de papelão, piqueniques, oficina de pipa e até visita às araras e tuiuiús gigantes existentes em Campo Grande.

“A gente pode fazer esses passeios no dia a dia, mas quando se tem uma programação a seguir, fica mais fácil de explorá-los…o mais bacana é que o Luke está curtindo porque, a gente mandou a programação até para as mães dos amiguinhos da escolinha, e ele se surpreendeu quando viu um coleguinha da sala dele no passeio que a mamãe fez, então, de uma maneira está tocando o coração dele e é isso que importa”, explica Mell.

Sobre o feedback de outras mães e pais que também aproveitaram o ensejo para incluírem os filhos na programação de Luke, Mell disse ao MidiaMAIS que os resultados da primeira semana foram satisfatórios. 

“Ah, tivemos ótimos resultados na primeira semana de férias, várias mães dos grupos que fazemos parte participaram e foi bacana… não dá só para fazer atividades dentro de casa, isso deixa as pessoas muito limitadas, porque nem todo mundo vai a sua casa e quando fazemos uma programação mais ampla da para agradar mais…em todas as atividades que o Luke fez, ficou numa felicidade que só, tem sido uma grande diversão”, conta.

Vale lembrar que, para não perder o costume, a tarde com a vovó e manhã com a dinda também estão inclusos para a felicidade geral. 

Jornal Midiamax