MidiaMAIS

Motorista de Cristiano Araújo diz se sentir culpado por não ter “ajudado” o amigo

A entrevista foi ao ar neste domingo (16)

Mikaele Teodoro Publicado em 17/08/2015, às 11h06

None
motorista.png

A entrevista foi ao ar neste domingo (16)

Em entrevista à TV Record, o motorista que dirigia o carro durante o acidente que matou Cristiano Araújo, Ronaldo Miranda disse sentir culpa por não ter ajudado amigo no momento em que mais precisou. ​

“Não pude fazer nada, é o que eu penso. Nessa hora, eu não pude fazer nada. É isso que dói. Peço a Deus para me tirar o “porquê”, o “se”, da minha cabeça, para eu seguir a minha vida”, disse com exclusividade ao programa “Domingo Show”.

Ronaldo disse ainda que sofre por imaginar a dor de João, pai de Cristiano. “Peço a Deus para que conforte o coração do seu João, que levante a cabeça e siga em frente”, disse explicando que João sempre foi o maior incentivador de Cristiano Araújo.

O cantor Cristiano Araújo e sua namorada Allana Moraes, 19 anos, morreram após sofrerem um acidente de carro na BR-153, no km 614, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, em Goiás. 

O acidente aconteceu por volta das 3h30 desta quarta-feira, segundo o Corpo de Bombeiros.Inicialmente o cantor foi levado ao Hospital Municipal de Morrinhos e depois transferido em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Móvel até a capital. Em seguida, seguiu de helicóptero até o Hugo.

Jornal Midiamax