MANHÊ: gêmeos, se um é bom, dois é melhor ainda

A segunda reportagem da série MANHÊ mostra a dádiva de ser mãe em dose dupla 
| 07/05/2015
- 13:10
MANHÊ: gêmeos, se um é bom, dois é melhor ainda

A segunda reportagem da série MANHÊ mostra a dádiva de ser mãe em dose dupla 

Duas vezes mais fraldas, noites em claro, esforço e choro de crianças redobrado.  Para quem está de fora e nunca vivenciou as emoções da maternidade, este pode ser o resumo da experiência de ser mãe de gêmeos. Para elas, a dádiva de ser mãe em dose dupla e ver também duplicados os sorrisos, brincadeiras e o amor familiar, que é sem dúvida, o ápice da maternidade. 

A segunda reportagem da série MANHÊ que o MidiaMAIS preparou para vocês, conta a história de uma futura mamãe de gêmeos.

Grávida de 21 semanas e mãe de primeira viagem, a servidora pública Luana Rezende, de 28 anos, aproveita cada instante da primeira gravidez, fruto de um relacionamento de 12 anos.

Mesmo prestes a completar seis meses de gestação, Luana ainda não sabe definir com clareza os momentos que têm vivido nos últimos dias. Sua única certeza é de uma felicidade nunca antes experimentada.

“Não esperava que acontecesse agora, mas descobrir que seria mãe, que tinha um bebê dentro de mim foi uma sensação incrível. No dia em que descobri não consegui dormir de tantos pensamentos que transitavam na minha cabeça. Muita alegria e expectativa, medo do desconhecido, tudo misturado”, lembra.

A futura mamãe disse que em sua décima semana de gravidez foi até o médico para ouvir, pela primeira vez, o coração de seu filho. Até esse dia, Luana acreditava haver apenas uma criança – aliás, nem passava por sua cabeça outra coisa. No entanto, minutos após o início do Ultrasson veio a surpresa: “Temos dois bebês aqui”, disse o médico.

“Não sei descrever a sensação, foi tudo muito louco. Primeiro a gravidez, e depois a surpresa de serem dois. Foi muito lindo ver aqueles dois bebezinhos, ouvir dois corações. Um momento que ficará na minha memória pra sempre”, detalha a mamãe emocionada.

Com uma gravidez tranquila, sem enjoos, desejos ou complicações, Luana reclama apenas do cansaço, resultado do crescimento da barriga e da ansiedade em ter os filhos, João Lucas e Manuela, em seus braços. “Estou sempre esperando o próximo ultrassom pra vê-los, e fico na expectativa de poder tê-los comigo. Eles estão sendo muito esperados por todos”, afirma.

Embora ainda gestante, sabemos que Luana mereceu ser uma homenageada da nossa série, pois tanto ela, quanto seu marido, transmitem alegria em dizer que serão pais de dois de uma só vez. Que o casalzinho que está a caminho, venha com muita saúde e seja repleto de amor – que já é perceptível em apenas uma entrevista.

Veja também

Aplicativo liberou novas funcionalidades, dentre elas a possibilidade de esconder o ‘online’ e sair silenciosamente de grupos

Últimas notícias