Comédia com crítica social será encenada nesta sexta-feira no Teatro Dom Bosco

Peça é mais uma adaptação do grupo Senta que o Leão é Manso
| 23/05/2015
- 01:40
Comédia com crítica social será encenada nesta sexta-feira no Teatro Dom Bosco

Peça é mais uma adaptação do grupo Senta que o Leão é Manso

A noite desta sexta-feira (22) pode ser completada com arte e cultura. No palco do Dom Bosco, às 19h30, o grupo de teatro Senta que o Leão é Manso encena o espetáculo – comédia ‘O Trato’. Vale ressaltar: a entrada é franca.

A história é uma readaptação do texto de Eliane Ganen, que por sua vez havia se inspirado na obra clássica de Goethe, Fausto.

A adaptação é de Marcelo Piccolli e a direção, de Roberto Figueiredo. No palco, onze dos 20 integrantes do grupo teatral contam a história de Ferreiro Faustino, um homem simples que faz um pacto com o diabo para conseguir benefícios.

“O texto original é um drama; depois, Eliane a transformou em literatura de cordel e, agora, nós readaptamos para aproximar o personagem do cotidiano das pessoas. Fizemos uma comédia com crítica social”, explicou Roberto Figueiredo. A peça estreou no fim de 2014 e será encenada pela segunda vez na Capital.

Senta

Com 33 anos de atuação, o grupo cultural Senta que o Leão é Manso é o mais antigo da UCDB — que mantém, também, os grupos de dança Ararazul, de música regional Aves Pantaneiras, Grupo de Cordas e Coral UCDB.

Mais de 200 acadêmicos de diversos cursos da Católica já participaram das montagens teatrais. “Não temos o curso de Artes na UCDB, então o grupo não é vinculado a nenhuma graduação específica. Temos acadêmicos de Direito, Educação Física, Comunicação, das licenciaturas, e muitos outros. Não se trata de um grupo pedagógico, mas um grupo de arte”, ressaltou Roberto, que também coordena o Setor de Cultura e Arte da Instituição.

A participação no Senta que o Leão é Manso marca a passagem pela graduação: “Temos contato com os egressos e os relatos são de que o exercício teatral ajuda muito na formação acadêmica, já que os atores exercitam expressão corporal, oratória, criatividade”, destacou.

 

Veja também

Aplicativo liberou novas funcionalidades, dentre elas a possibilidade de esconder o ‘online’ e sair silenciosamente de grupos

Últimas notícias