Rocha’s Caldos e Sopas tem mais de 50 mil curtidas no Facebook

O frio em Campo Grande chegou antes mesmo da estação ‘inverno’ aparecer no calendário. Ainda em outono, as noites na Capital são mais frescas e pedem uma comida que esquente a nossa temperatura. Aos conservadores, o nosso é um dos pratos lideres e mais consumidos pelos campo-grandenses, mas os caldos e sopas estão chegando com tudo e ganhando espaço.

A vontade de ter o próprio negócio e abandonar o ‘ser funcionário’ falou mais alto para o contador Pedro Rocha, de 44 anos. Há dois anos, ele trocou a área da churrasqueira por uma minicozinha e começou a fazer caldos para vender. A procura foi tamanha que, em menos de seis meses, ele teve de fazer uma pequena reforma, tampando até mesmo a piscina da família.

“Confesso que no começo estava receoso, porque pensava que o campo-grandense não tinha o hábito de tomar caldos, mas resolvi apostar na ideia e foi dando certo”, conta Pedro.

No começo, o espaço era liderado por Pedro. Depois a esposa Karina Rocha, 36 anos, que é fisioterapeuta e atuava como autônoma, largou a profissão e se dedicou com êxito ao empreendimento do marido. Mais tarde o filho, sobrinhos e a irmã, Zilma Rocha, 51 –  considerada a cozinheira master da família, chegou para liderar as demandas, que tinham crescido.

O restaurante que tem nome de Rocha’s Caldos e Sopas já tem mais de 53.146 curtidas no Facebook e desde os primórdios, evoluiu bastante, esteticamente falando. “Montávamos as tendinhas brancas para cobrir o frio ou a chuva e pegamos emprestado cadeiras de cerveja, daquelas de conveniências para dar um conforto… aos poucos fomos crescendo”, avalia o Rocha mor, que no começo recebia 30 a 40 pessoas.

A casa que fica no Bairro Nova Bahia tem todo um aconchego para os clientes que se tornaram fiéis. Logo na fachada, toda uma estrutura de recepção, que torna o espaço mais ainda. De um lado do portão, um carrinho de mão se transforma em vaso de planta e do outro, uns bancos de madeira mostram o diferencial do restaurante.

Carro-chefe

A estrutura em si é um mero detalhe perto da qualidade e sabor dos pratos oferecidos pelos Rocha’s. Ao todo mais de 80 tipos de receitas de caldos e sopas dão credibilidade ao restaurante. Na noite em que o MidiaMAIS visitou o local, os nomes ‘Caldo de Mocotó’, ‘Canjiquinha com Músculo’, ‘Creme de Cebola com queijo’ e ‘Caldo Verde’ marcavam os panelões de ferro que estavam sobre o fogão a lenha.

Além dos caldos, 23 acompanhamentos, incluindo bacon, alho frito, omelete, ovo de codorna, salsinha, cebolinha e etc, são oferecidos pelo restaurante. Aos adeptos de gostos mais fortes, vale lembrar que há inúmeras opções de pimentas para o paladar. E claro, as torradinhas de acompanhamento também decoram a mesa de servir.

O mais bacana do espaço é que, além dos caldos e sopas que lideram o cardápio é que os Rocha’s investiram também, no sobá de três sabores – frango, suíno e bovino e no bifão na chapa de contrafilé, coxão mole e picanha.

“Os caldos são os que lideram, mas a gente tenta agradar a todos… quem quiser sobá tem, quem quiser bifão também tem”, explica Pedro. Os preços variam de R$ 23 a R$ 28 a cumbuquinha e pode ser pedido tanto à la carte quanto self service. O Rocha’s Caldos e Sopas fica na Avenida Senhor do Bomfim, nº 810, no coração do Nova Bahia.

Saiba Mais