MidiaMAIS

Banda de Campo Grande busca votos para tocar no Palco Sunset do Rock in Rio

As cinco mais votadas passam para a etapa final do concurso que terá o resultado divulgado no dia 10 de agosto

Mikaele Teodoro Publicado em 26/06/2015, às 09h35

None
(Divulgação)

As cinco mais votadas passam para a etapa final do concurso que terá o resultado divulgado no dia 10 de agosto

Se participar de festivais é incrível, tocar em um deles é um sonho. Para a banda campo-grandense Lynks, um sonho completamente possível. O grupo, ao lado de outras 380 bandas, participa de um concurso que premiara a mais votada com a presença no Palco Sunset do Rock in Rio.

Na estrada há 13 anos, a banda é a única do Estado a participar do concurso promovido pela Volkswagen e pela Rádio Mix. De acordo com Alexandre Bijos, baixista da banda, foram inúmeras tentativas de participar de concursos. “Já nos inscrevemos em milhares de concursos, nunca recebemos sequer uma resposta. Quando vi a propaganda e inscrevi, não acreditava que daria em algo. Foi bem legal”, conta.

 Para conquistar mais chances na complicada disputa os músicos esperam contar com o apoio dos sul-mato-grossenses. “Nós sabemos que é muito difícil. Acreditamos que precisamos de pelo menos uns quatro mil votos. Mas não custa tentar”, diz.

As cinco mais votadas passam para a etapa final do concurso que terá o resultado divulgado no dia 10 de agosto. “Se pudermos tocar no Rock in Rio vai ser incrível, não conseguimos nem imaginar isso”, diz. Além da apresentação, a banda vencedora terá suas músicas produzidas por Paulinho Fonseca e PJ no estúdio do Jota Quest, em Belo Horizonte, e ainda vai ganhar a produção de um videoclipe.

A Lynks, formada pelos irmãos Gustavo Bijos no vocal, Alexandre no baixo, Diogo Arantes como guitarrista e Daniel Bueno na bateria, lançou seu primeiro disco “LYNKS – Live and Let Lyns”em 2012.  Com músicas em inglês, o grupo foi questionado por muita gente.

“Tocar em inglês em Campo Grande não foi fácil, não é fácil. Mas aos poucos fomos conquistando o nosso espaço e hoje temos um público fiel de pessoas que se tornaram nossos amigos”, conta Alexandre.

Dos ensaios nos fundo de casa, os músicos partiram para Londres onde se apresentaram em 2005. Agora, a banda espera, com apoio de todos, poder mostrar seu trabalho no palco de um dos festivais mais tradicionais do mundo.  Confira a página para votação. 

Jornal Midiamax