Geral

Grammy Latino tem tributo à Marília Mendonça e prêmio a Caetano e Tom Veloso

A 22ª edição da premiação aconteceu em Las Vegas, nos Estados Unidos, e teve homenagem para Marília Mendonça

Agência Estado Publicado em 19/11/2021, às 09h08

None
Foto: Reprodução /Twitter

A noite da quinta-feira, 18, foi de celebração musical com a realização do Grammy Latino 2021, que retornou ao formato presencial após a pausa obrigatória causada pandemia da covid-19 no ano passado. A 22.ª edição da premiação aconteceu em Las Vegas, nos Estados Unidos, e teve homenagem para Marília Mendonça e musical de abertura no palco principal comandado pela cantora cubana Gloria Estefan com Anitta, Carlinhos Brown e Giulia Be. Um dos destaques da noite foi para Caetano Veloso e seu filho Tom Veloso, que ganharam uma das categorias mais importantes do Grammy Latino, a de Gravação do Ano, com a música Talvez, composição de Tom e Cezar Mendes.

As músicas escolhidas para iniciar a festa foram Abriendo Puertas, Cuando Hay Amor e Magalenha — composição do próprio Carlinhos Brown, que ficou famosa na voz de Sérgio Mendes.

Nana Caymmi concorreu na principal categoria do prêmio: Álbum do Ano. No entanto, a filha de Dorival Caymmi perdeu para Rubén Blades e Roberto Delgado & Orquesta com o trabalho Salswing. Giulia Be também não levou para casa a estatueta de Artista Revelação. A cantora Juliana Velásquez saiu vitoriosa.

Nomeado em 10 das 53 categorias, o colombiano Camilo foi o líder de indicações e levou para casa quatro estatuetas: Música Pop, Álbum Contemporâneo de Pop, Interpretação de Música Urbana e Música Tropical.

Ao longo da noite, subiram ao palco nomes como Christina Aguilera, Becky G, Nathy Peluso e Nicki Nicole, Bad Bunny, Danna Paola, Ozuna, Pablo Alborán, Alejandro Fernández, Myke Towers e Camilo.

Os anfitriões da festa foram a modelo Roselyn Sánchez, de Porto Rico; o cantor Carlos Rivera, do México; e a atriz Ana Breco, dos Estados Unidos.

Mais destaque para o Brasil no Grammy Latino

A festa contou ainda com um pré-show para os brasileiros com apresentações de Nando Reis, Luedji Luna e Barões da Pisadinha. Além disso, coube à atriz Carolina Dieckmann a missão de anunciar os vencedores e vencedoras das categorias específicas para os artistas daqui do país.

Marília Mendonça perdeu o Grammy Álbum Sertanejo por Patroas, trabalho em parceria com Maiara e Maraísa. A dupla Chitãozinho e Xororó levou o troféu por Tempo de Romance.

Durante uma live no Instagram, Maraisa comentou o resultado: "Mais que merecido. Eles fazem a maior sonzeira", disse a cantora e compositora.

Contudo, Marília foi homenageada no palco por Anitta. "Há pouco, nós perdemos uma grande artista no meu país. Marília Mendonça, desde muito jovem, se tornou uma das cantoras e compositoras mais queridas do Brasil. Marília, junto com a Maiara e Maraísa, estava indicada nesta noite e me dói o coração que ela não esteja aqui. Todos que te conhecemos sabemos que você era uma grande alma, uma mulher generosa, e amiga de todos. Nós vamos nos lembrar de você hoje, amanhã e sempre. Viva Marília Mendonça!", disse a carioca. A sertaneja morreu em um trágico acidente aéreo no dia 5 de novembro aos 26 anos.

Ivete Sangalo, Paulinho da Viola e Zeca Baleiro levaram os prêmios de Música de Raízes, Álbum de Samba e Álbum de Música Popular Brasileira, respectivamente.

A baiana compartilhou um vídeo nas redes sociais para agradecer. "Acabo de receber a notícia maravilhosa do Grammy e eu dedico isso a vocês e a todos os profissionais que trabalham com tanto amor junto comigo", disse. "A gente ama fazer o que a gente faz. Obrigada, gente", finalizou.

Já o duo Anavitória venceu as duas categorias que disputavam: Melhor Canção em Língua Portuguesa, por Lisboa, em parceria com Lenine; e Melhor Álbum Pop Contemporâneo por Cor. Toquinho e Yamandu Costa levaram o Grammy de Álbum Instrumental por Toquinho e Yamandu Costa — Bachianinha.

O Grammy Latino é considerado a principal premiação da música para países da América Latina, Espanha e Portugal. Os melhores momentos serão exibidos no canal Multishow no domingo, 21, às 18h30.

Jornal Midiamax