Geral

Programa já atendeu 2,8 mil pessoas e meta é zerar fila por consultas oftalmológicas

Desde o dia 13 de maio que a população está sendo atendida neste programa.

Midiamax Publicado em 24/06/2017, às 12h15

None

Desde o dia 13 de maio que a população está sendo atendida neste programa.

O Programa “Olhando por Dourados” á atendeu mais 2800 pessoas desde que começou no dia 13 de maio e a meta é zerar a fila de espera da população por consultas oftalmológicas.

“Nem precisei ficar na fila. Em menos de uma semana, marcamos a consulta e hoje já vamos ser atendidos”. A afirmação é da dona de casa Mariane Sangalli, 65 anos, que foi atendida na sexta-feira Praça da Juventude, no Parque das Nações I.

O exemplo de Mariane foi compartilhado por Ilda dos Santos, 62. Ela também manifestou aprovação à iniciativa da administração municipal e se disse feliz com a agilidade do atendimento. “Isso é muito bom; funciona mesmo. Estão de parabéns!”, falou.

Ao lado do secretário-adjunto de Saúde, Carlos Augusto Ferreira Moreira, e dos vereadores Braz Melo e Carlito do Gás, a prefeita Délia Razuk explicou aos moradores do Parque das Nações I e adjacências que estavam ali para serem atendidos que a administração está fazendo a sua parte, cumprindo o compromisso de cuidar das pessoas.

Délia lembrou que ao assumir a prefeitura havia uma demanda reprimida de cinco mil atendimentos oftalmológicos e hoje, com pouco mais de um mês do programa ‘Olhando por Dourados’, quase três mil pessoas já conseguiram o atendimento.

O adjunto Carlos Augusto, que coordena o ‘Olhando por Dourados’ anunciou que o programa vai avançar ainda mais, “não só com consultas, mas também com exames e cirurgias”. De acordo com ele, há vários pacientes que agendaram a consulta, mas não compareceram. “Iremos buscar essas pessoas”, disse.

O atendimento pelo programa iniciou dia 13 de maio, no complexo Jorjão, no jardim Água Boa, e desde o dia 12 de junho está na Praça da Juventude, no Parque das nações I, onde ficará até o dia 6 de julho.

Jornal Midiamax