Geral

Mulher prende o dedo em máquina de moer cana-de-açúcar

'Momento de bobeira' da vendedora causou ferimento com dilaceração

Midiamax Publicado em 25/04/2015, às 13h37 - Atualizado em 26/04/2018, às 18h00

None
_mg_2849.jpg

‘Momento de bobeira’ da vendedora causou ferimento com dilaceração

Em uma das barraquinhas mais tradicionais de Campo Grande, quando o assunto é caldo de cana, a dona da moenda, e vendedora em atividade na manhã do sábado (25), teve um ferimento na mão direita , por prendê-la na máquina, com o risco inclusive de consequências mais graves. Os dedos sofreram  hematoma depois de serem amassados no episódio, que também deixou a extremidade da mão dilacerada. 

O acidente de trabalho teria ocorrido por volta das 10h20 na Avenida Afonso Pena, entre a Rua 14 de Julho e a Avenida Calógeras, Centro. A vítima, com idade de 54 anos, atendia clientes quando teve o problema com a moenda e foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). 

Na barraca onde ocorreu o fato, é oferecida a promoção de se tomar quantos copos do caldo de cana quiser pagando-se um valor único, até a manhã do sábado com preço fixado em R$ 5. 

Jornal Midiamax