Geral

Moradores reclamam de caramujos em ponto de ônibus que sumiu no matagal

Mato cobriu ponto de ônibus e moradores têm de esperar transporte no meio da rua

Midiamax Publicado em 19/02/2015, às 12h35

None
img-20150219-wa0015.jpg

Mato cobriu ponto de ônibus e moradores têm de esperar transporte no meio da rua

O abrigo de ônibus que deveria ser utilizado por passageiros que aguardam o transporte coletivo, foi tomado por mato e caramujos, na Rua Extremosa, no Bairro Coophatrabalho em Campo Grande.

Conforme o zelador Israel Costa, de 48 anos, a situação é crítica. “É complicado e vergonhoso. Os passageiros têm de esperar o ônibus no meio da rua porque o ponto foi tomado pelo mato e os motoristas não conseguem ver quem está no local. Isso é perigoso, pode acontecer alguma acidente”, destaca.

Costa ressalta que o local não tem iluminação pública e que o matagal também pode ser utilizado como esconderijo de ladrões. “Se alguém se esconde ali, ninguém vê. Os nossos impostos são tão caros e não temos retorno”, lamenta.

Além da falta de segurança, o morador afirma que é necessário dividir o espaço com os caramujos, que tomaram conta do local. “Eles invadiram às ruas e as casas da região. Estão por toda parte”, afirma.

Os caramujos podem transmitir úlcera estomacal e miningite. Em entrevista concedida em dezembro do ano passado, ao Jornal Midiamax, a bióloga do CCZ (Coordenadoria de Controle de Zoonoses), Silvia Barbosa do Carmo destacou que os meses chuvosos são ideais para reprodução dos moluscos e que eles podem gerar até 400 ovos de uma vez. Segundo a bióloga, a melhor forma de combater os caramujos é fazendo a limpeza do terreno e a poda das árvores.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura para saber quais providências serão adotadas em relação às situações relatadas, mas até o fechamento deste texto, não houve resposta.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as informações ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax