Filas ‘quilométricas’ no Detran devem ter fim em aproximadamente quatro meses

Reinaldo pretende aplicar medidas para mudar Detran-MS dentro de 4 meses
| 14/01/2015
- 21:28
Divulgação

Reinaldo pretende aplicar medidas para mudar dentro de 4 meses

O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) deve passar por grandes transformações para por fim às filas de espera e melhorar o atendimento. As mudanças devem ocorrer dentro de 4 meses, conforme prevê o governador de Mato Grosso do Sul, (PSDB).

Na tarde desta quarta-feira (14) o chefe do Executivo estadual visitou o departamento e pontuou alternativas, que, de acordo com ele, vão melhorar o atendimento ao público. 

“Pretendemos aumentar o horário de atendimento e ampliar o quadro de servidores. A frota de carros e motos há dez anos era de 650 mil e hoje subiu para 1 milhão e trezentos, no entanto, o Detran-MS não acompanhou este avanço”, destacou.

Gerson Claro, presidente do departamento, completou ainda que existe a intenção de ampliar o espaço dentro do próprio pátio ou, se for o caso, locar um prédio. As medidas são para mudar a atual situação do Detran-MS. Conforme Gerson um concurso já está aberto e agora a diretoria realiza um de estudo orçamentário para se levantar a quantidade de pessoas que devem ser contratadas para compor o quadro de servidores.

Na manhã de hoje, por exemplo, contribuintes reclamaram de uma fila quilométrica que se formou no departamento para motoristas realizar a vistoria veicular e regularizar o licenciamento. Leitores do Midiamax afirmaram que a aglomeração de carros chegou a alcançar um quilômetro.

No fim do ano passado, ainda na gestão de André Puccinelli (PMDB), foi determinado que todos os carros com mais de cinco anos de uso serão obrigados a passar por uma vistoria anual, que custa entre R$ 103 e R$ 120. Essa nova regra seria o motivo de haver tantos carros procurando o Detran para se regularizar, já que o movimento intenso ocorre desde o início da semana.

“Isto aumentou o problema das filas e agora atrapalha a boa prestação de serviços. Mas vamos mudar o cenário do Detran-MS”, observou Reinaldo. Ainda durante visita ao departamento, Reinaldo afirmou que transformará o órgão de ‘transferidor de recursos para o tesouro do Estado’.

Últimas notícias