Coxim entra na Rota do Ecoturismo Internacional

Presidente do Fórum Regional da Rota Norte – MS visitou o município na manhã de hoje 
| 05/02/2015
- 20:19
Coxim entra na Rota do Ecoturismo Internacional

Presidente do Fórum Regional da Rota Norte – MS visitou o município na manhã de hoje 

o presidente do Fórum Regional da Rota Norte – MS, Edilson Cotonett, visitou o município de Coxim na manhã desta quinta-feira (05)  para tratar de parceria para a realização do FAMTRIP INTERNACIONAL EMAS-PANTANAL 2015, que está previsto para acontecer no mês de setembro.

Através da Câmara Setorial da Rota Norte, região turística de Mato Grosso do Sul da qual Coxim faz parte, acontecerá, de 11 a 17 de setembro de 2015, um FAMTRIP internacional com agentes e operadores de europeus aos municípios de Rio Verde de Mato Grosso, Coxim, Alcinópolis e Costa Rica, todos em Mato Grosso do Sul, e Chapadão do Céu e Mineiros, ambos em Goiás.

“FAMTRIP” é o termo em inglês utilizado para designar “viagem de familiarização”, uma ferramenta importante muito utilizada no mundo todo para promover novos destinos turísticos no mercado.

A FAMTRIP INTERNACIONAL EMAS-PANTANAL 2015, tem a missão de subsidiar agências e operadoras de turismo do exterior, principalmente da Europa, no intuito de promover a comercialização de roteiros turísticos dentro do corredor-ecológico Cerrado/Pantanal, ligando os pantanais de Rio Verde de Mato Grosso e Coxim ao Parque Nacional das Emas, passando pela Rota Arqueológica de Alcinópolis, unidades de conservação de Alcinópolis e Costa Rica, e chegando até o PARNAEMAS em Chapadão do Céu e Mineiros, já no estado vizinho de Goiás, promete ser um marco dos novos tempos do turismo na região.

Segundo o gerente municipal de turismo de Coxim, Ariel Albrecht, membro-técnico representante do município na Rota Norte que também é o turismólogo responsável-técnico pelo projeto, ele viaja hoje para participar de uma sequência de reuniões pré-agendadas para tratar do assunto nos municípios de Mineiros, Chapadão do Céu, Costa Rica e Alcinópolis. Para Albrecht, o projeto é fruto de um anseio antigo de gestores públicos, empresários do turismo e comunidades envolvidas com o segmento do turismo em boa parte dos municípios da região, e que buscam incrementar a oferta de produtos e serviços para atendimento também de estrangeiros que, ao longo dos últimos 20 anos, têm demonstrado, gradativamente, cada vez mais interesse pela região, não só pelas potencialidades naturais como também pelas culturais.

Já para o presidente da Rota Norte, o ambientalista Edilson Cotonett, diretor de turismo de Alcinópolis, o ecoturismo é o tipo de turismo que mais cresce no mundo, e é cada vez mais comum a busca por destinos alternativos, tanto no Brasil quanto no exterior. Ainda, segundo Cotonete, sendo assim, a nossa região, com toda potencialidade natural e identidade cultural que possui, aliado a uma infraestrutura receptiva de produtos e serviços já existente cada vez mais sólida, é um dos principais fatores motivadores para o crescimento dessa demanda e o desenvolvimento de cada vez mais produtos.

Já para o prefeito de Coxim, Aluizio São José, as recentes obras de pavimentação de rodovias na região aliadas ao apelo mercadológico que os termos PANTANAL e CERRADO já possuem é um atrativo diferenciado. “As obras de pavimentação diminuíram as distâncias entre municípios, potenciais e atrativos turísticos outrora isolados pelas dificuldades do acesso, hoje são grandes fatores motivadores de pessoas que decidem fazer turismo em nossa região, seja ele interno, doméstico ou internacional”.

Assim, ao que tudo indica, com a união de esforços em prol da regionalização do turismo, que é uma política nacional seguida também pelos estados e municípios, Coxim tem tudo para adentrar e se consolidar cada vez mais também como parte integrante de roteiros internacionais, gerando emprego e renda para seu povo, divisas para a municipalidade, e fortalecendo significativamente as produções culturais abundantes existentes na cidade e na região, pontuou o prefeito Aluizio São José.

De acordo com o Centro de Atendimento ao Turismo de Coxim (CAT), atualmente o PIB anual gerado pelo TURISMO no município é de aproximadamente 50 milhões de reais, maior parte dele proveniente da pesca e suas centenas de ranchos pesqueiros, contudo outra parte significativa vem crescendo a cada ano por conta das atividades de passeios ecológicos como o de chalana pantaneira, os balneários, áreas de camping, os safáris 4×4 no pantanal e as atividades do Programa Rota das Monções entre outras.

Veja também

Fenômeno foi constatado na galáxia Grande Nuvem de Magalhães

Últimas notícias