Geral

A um mês do carnaval, escolas não sabem quanto receberão

Repasse de carnval deve ser definido até a próxima segunda-feira (19)

Midiamax Publicado em 16/01/2015, às 15h49

None
_boas_carnaval_-_la_4.jpg

Repasse de carnval deve ser definido até a próxima segunda-feira (19)

Faltando um mês para o desfile das escolas de samba em Campo Grande, o presidente da Lienca (Liga das Entidades Carnavalescas), Eduardo de Souza Neto, declarou que até o momento não recebeu os recursos da Prefeitura e do governo do Estado, destinados anualmente para a realização do Carnaval e que ainda não sabe quanto será repassado.

“Precisamos saber o valor para termos um parâmetro de quanto as escolas poderão gastar”, explicou o presidente da Lienca. Ele declarou que a estimativa é conseguir ao menos R$ 340 mil, o mesmo valor repassado no carnaval do ano passado. “Esperamos conseguir os R$ 160 mil da Prefeitura e os R$ 180 do Estado”, afirmou.

O carnavalesco Waldir Gomes, que participa da organização do carnaval destacou que neste ano o intuito é centralizar os desfiles na Praça do Papa, na Vila Sobrinho, região oeste da Capital. “Nos anos anteriores, os cordões se apresentavam rua dá acesso à Feira Central, na Esplanada Ferroviária, os bailes na Fernando Corrêa da Costa e as escolas na Praça do Papa, mas fica inviável montar três estruturas, os gastos ficam muito maiores.”, justificou.

Gomes ressaltou que a proposta será apresentada a todos os envolvidos e que deve ter uma definição sobre o assunto na próxima segunda-feira (19). “Temos que decidir tudo em comum acordo”, enfatizou. Quanto à estimativa de público para o carnaval 2015, o carnavalesco lembrou que em 2014, aproximadamente, 40 mil pessoas participaram do carnaval de Campo Grande e neste ano o objetivo é dobrar o número de foliões.

Conforme o carnavalesco, serão necessários no mínimo 40 banheiros químicos para atender a população. A segurança deve contar com o apoio de 100 homens da Guarda Municipal e 20 seguranças particulares. Gomes destacou que a estimativa é baseada no projeto do último carnaval.

Na manhã desta sexta-feira (16), durante votação da nova diretoria da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o prefeito Gilmar Olarte (PP) afirmou que a organização do carnaval será realizada pela mesma equipe que montou a “Cidade do Natal”. Ela não mencionou o valor a ser repassado, mas disse que vai economizar. “Vamos fazer economia, mas será um sucesso. A obrigação do prefeito é atender a todos os seguimentos”, declarou.

A reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura e foi informada que o valor do repasse e a data em que o recurso será liberado serão divulgados na próxima segunda-feira. O município reforçou que vai cobrir os gastos com a infraestrutura dos desfiles das escolas de samba.

A assessoria de comunicação do governo do Estado também não definiu o valor que será repassado para o carnaval 2015.

Jornal Midiamax