Geral

Zeca do PT nega candidatura ao Senado e lista 4 motivos para não concorrer à vaga

Apesar das dificuldades de aliança entre o pré-candidato Delcídio do Amaral (PT) e o deputado Reinaldo Azambuja (PSDB) em Mato Grosso do Sul, o vereador Zeca do PT reafirmou, nesta terça-feira (29), que vai disputar uma vaga na Câmara dos Deputados. Além de descartar a possibilidade de disputar o Senado, o ex-governador listou quatro motivos […]

Arquivo Publicado em 29/04/2014, às 12h01

None
208178685.jpg

Apesar das dificuldades de aliança entre o pré-candidato Delcídio do Amaral (PT) e o deputado Reinaldo Azambuja (PSDB) em Mato Grosso do Sul, o vereador Zeca do PT reafirmou, nesta terça-feira (29), que vai disputar uma vaga na Câmara dos Deputados.


Além de descartar a possibilidade de disputar o Senado, o ex-governador listou quatro motivos para não topar o desafio. “Eu não tenho condições, não me preparei; não tenho estrutura financeira; já visitei 63 municípios como pré-candidato à Câmara; e, quarto e mais importante, o partido tem que ampliar a chapa”, disse.


Na opinião de Zeca, um grande nome para disputar o Senado seria o do presidente da Fiems (Federação das Indústrias de MS), Sérgio Longen, do PTB. Já a opção dentro do PT, ainda segundo ele, é o do presidente da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul), Ricardo Ayache.




Jornal Midiamax