Geral

Zeca do PT critica possível aliança com rivais e defende chapa de Delcídio com “cara de esquerda”

O vereador Zeca do PT declarou nesta terça-feira (18) que a chapa do Delcídio, pré-candidato a governador pelo PT, precisa ter “cara de esquerda”. Zeca já havia defendido a ideia de chapa “pura”, com o presidente da Federação dos Trabalhadores de MS (Fetems), Ricardo Botarelli, de candidato a vice-governador. “É um equívoco o Delcídio achar […]

Arquivo Publicado em 18/02/2014, às 13h18

None

O vereador Zeca do PT declarou nesta terça-feira (18) que a chapa do Delcídio, pré-candidato a governador pelo PT, precisa ter “cara de esquerda”.

Zeca já havia defendido a ideia de chapa “pura”, com o presidente da Federação dos Trabalhadores de MS (Fetems), Ricardo Botarelli, de candidato a vice-governador.

“É um equívoco o Delcídio achar que tem que usar o cargo de vice para oferecer a aliado”, disse. A corrente interna CNB (Construindo um Novo Brasil), da qual Zeca faz parte, é contra uma aliança com PSDB ou PMDB.

Para o ex-governador, Delcídio pode ganhar mais se aproximando dos movimentos sociais. “Ele poderia obter 40% dos votos, 500 mil, dos movimentos sociais, funcionários públicos, MST, CUT”, disse.

Zeca finalizou citando que deveria ser feita rearticulação com antigos aliados como PC do B, PR, PTB e PDT, além do PSD. “Eles poderiam indicar um senador”, opinou.

Jornal Midiamax