Geral

Wanderlei se desculpa, mas diz que fãs vão apoiar briga com Sonnen

Antes de se enfrentarem no octógono, Wanderlei Silva e Chael Sonnen brigaram entre si durante as gravações do reality show The Ultimate Fighter (TUF). Apesar de pedir desculpas por isso, o brasileiro não se incomoda com a possível repercussão negativa do acontecimento. A confusão aconteceu em um estúdio em São Paulo, onde foi montada a […]

Arquivo Publicado em 18/02/2014, às 19h51

None

Antes de se enfrentarem no octógono, Wanderlei Silva e Chael Sonnen brigaram entre si durante as gravações do reality show The Ultimate Fighter (TUF). Apesar de pedir desculpas por isso, o brasileiro não se incomoda com a possível repercussão negativa do acontecimento.

A confusão aconteceu em um estúdio em São Paulo, onde foi montada a academia dos lutadores que participam do programa. A cena ainda não foi para o ar, já que o programa só começará a ser exibido março. Mas especula-se que, depois de uma série de provocações, Wanderlei teria partido para cima de Sonnen, que o derrubou em seguida. Uma terceira pessoa também teria se envolvido na confusão.

Wanderlei até mostra arrependimento por ter feito isso, já que apontou este como o pior momento do programa: “eu costumo falar para o pessoal ‘não faça isso’ (brigar com atletas). Mas o cara me tirou do sério. Quero até pedir desculpa e que entendam que não tenho sangue de barata”.

Mas Wanderlei também acredita que a cena da briga não terá repercussões mais graves: “vamos ver qual ver ser a repercussão, mas o pessoal vai ver que no fundo eu tinha uma razão. Todo mundo queria ver e já teve uma ‘palinha’ do que vai acontecer no dia”.

Nem mesmo a gravação do programa TUF foi abalada pela briga entre os dois, de acordo com Wanderlei: “entre os atletas não houve tumulto. Foi um programa mais leve, porque a rivalidade ficou só para dentro do octógono, não contaminou na hora da luta. Houve uma parceria muito grande entre os atletas, com um clima gostoso”, relatou.

Wanderlei Silva e Chael Sonnen vão se enfrentar no dia 31 de maio, em um evento que será marcado no Brasil. Não foi definido qual será a cidade que receberá o combate.

Jornal Midiamax