Geral

VÍDEO: ‘Não vou para a Copa’, dos indignados com gastos no mundial, tem 3 milhões de acessos

Um vídeo feito pela brasileira Carla Dauden, de 23 anos, diretora de fotografia e residente dos Estados Unidos há 5 anos, confirma a sua indignação com a realização da Copa do Mundo de futebol no Brasil. A filmagem ganhou repercussão internacional e já passa da marca de 3 milhões de visualizações no youtube. No vídeo, […]

Arquivo Publicado em 06/03/2014, às 12h00

None

Um vídeo feito pela brasileira Carla Dauden, de 23 anos, diretora de fotografia e residente dos Estados Unidos há 5 anos, confirma a sua indignação com a realização da Copa do Mundo de futebol no Brasil.

A filmagem ganhou repercussão internacional e já passa da marca de 3 milhões de visualizações no youtube. No vídeo, a brasileira explica pontos críticos da Copa, como gastos bilionários, suspeitas de superfaturamento e desapropriações, como o caso da aldeia Maracanã.

Destaca também a imagem não muito positiva que o Brasil tem lá fora, já que ao perguntar sobre o que vem a mente quando elas pensam no Brasil as respostas são, mulheres, futebol, festas e sexo. Carla ainda lembra a precariedade da educação e da saúde, os índices elevados de analfabetismo e a fome em um país que vai gastar aproximadamente 30 bilhões de dólares na Copa.

Além de levantar bandeiras comuns aos brasileiros contrários à competição, como usar os recursos para outras prioridades, Carla reclama do discurso político relacionando a Copa com o legado.

Assista o vídeo.

Jornal Midiamax