Geral

Vacinação contra HPV em pré-adolescentes começa na segunda-feira em Campo Grande

A vacinação de meninas entre 11 e 13 anos contra o HPV (Papilomavírus humano) começa na próxima segunda-feira (10), em Campo Grande. A estimativa é de que sejam imunizadas cerca de 20 mil pré-adolescentes. A vacinação ocorrerá em Unidades Básicas de Saúde (UBS) e em escolas públicas e privadas. O Ministério da Saúde adotará o […]

Arquivo Publicado em 08/03/2014, às 15h14

None

A vacinação de meninas entre 11 e 13 anos contra o HPV (Papilomavírus humano) começa na próxima segunda-feira (10), em Campo Grande. A estimativa é de que sejam imunizadas cerca de 20 mil pré-adolescentes. A vacinação ocorrerá em Unidades Básicas de Saúde (UBS) e em escolas públicas e privadas.


O Ministério da Saúde adotará o esquema vacinal estendido, composto por três doses. A segunda dose, seis meses após a primeira e a terceira dose, 60 meses (cinco anos) após a primeira.
A população alvo da vacinação é composta por adolescentes do sexo feminino na faixa etária entre 11 e 13 anos de idade, no ano da introdução da vacina (2014); 9 a 11 anos, no segundo ano de introdução da vacina (2015); e 9 anos de idade, do terceiro ano em diante (2016).


A imunização é um meio de prevenção primária e também não substitui o rastreamento do câncer. A vacina não confere proteção contra outras doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).  A vacinação, conjuntamente com as atuais ações para o rastreamento do câncer do colo do útero, possibilitará, nas próximas décadas, prevenir essa doença que representa hoje a segunda principal causa de morte por neoplasias entre mulheres no Brasil.


O Ministério da Saúde adotou a vacina quadrivalente que confere proteção contra os tipos de HPV de baixo risco (HPV 6 e 11) e os de alto risco (HPV 16 e 18).

Jornal Midiamax