Geral

UPAs ficam superlotadas e ‘dão trabalho’ até para Corpo de Bombeiros conseguir vaga

As UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) de Campo Grande estão com superlotação nesta segunda-feira (11). Diversos leitores do Midiamax procuraram a reportagem para reclamar da falta de vagas. Segundo os populares, pacientes estariam aguardando atendimento nos corredores e até viatura do Corpo de Bombeiros teria ficado “presa” por não conseguir liberar paciente para atendimento....

Arquivo Publicado em 11/08/2014, às 20h10

None
2087554774.jpg

As UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) de Campo Grande estão com superlotação nesta segunda-feira (11). Diversos leitores do Midiamax procuraram a reportagem para reclamar da falta de vagas.

Segundo os populares, pacientes estariam aguardando atendimento nos corredores e até viatura do Corpo de Bombeiros teria ficado “presa” por não conseguir liberar paciente para atendimento.

O Corpo de Bombeiros confirmou o ocorrido, mas disse que conseguiu em seguida que o socorrido fosse atendido em outra UPA, após liberação de vaga em leito.

Sesau admite superlotação

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) admitiu a superlotação e revelou que a mesma situação aconteceu sexta-feira (8). Segundo a Secretaria, a escala dos médicos está completa e foi enviado reforço para as três UPAs (Coronel Antonino, Universitário e Vila Almeida).

A Sesau declarou ainda que providências estão sendo tomadas, mas que os casos de urgências (que são prioritários) estão sendo atendidos e assim que houver vagas, os de menor gravidade também serão atendidos. “As UPAs continuam recebendo pacientes”. São trinta leitos para estabilização e repouso em cada uma das unidades.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens pelo WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax