Geral

Time que foi rebaixado no Estadual deste ano deve representar MS na Série D

O Itaporã Futebol Clube, rebaixado no Campeonato Estadual deste ano, mas terceiro do Estadual de 2013, deve ser o representante de Mato Grosso do Sul na Série D do Campeonato Brasileiro de futebol. Segundo Dione Lima, diretor do clube, já foi enviado documento à Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) e a […]

Arquivo Publicado em 25/06/2014, às 20h55

None
2062285626.jpg

O Itaporã Futebol Clube, rebaixado no Campeonato Estadual deste ano, mas terceiro do Estadual de 2013, deve ser o representante de Mato Grosso do Sul na Série D do Campeonato Brasileiro de futebol. Segundo Dione Lima, diretor do clube, já foi enviado documento à Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) e a diretoria está acertando os detalhes.

O diretor garante que a equipe não tem nada a ver com a equipe rebaixada este ano, e que a decisão não foi precipitada. “O time é outro, é competitivo, vamos para brigar pela vaga na Série C. Desde os rumores da desistência do Cene estávamos nos planejando e há quinze dias decidimos que disputaríamos se a vaga estivesse aberta”, revela.

Segundo Dione, a Prefeitura de Itaporã apoiará o clube apenas com a logística. Os patrocínios serão de empresas da região. “Estamos jogando pela cidade de Itaporã, pela região da Grande Dourados”, frisa. O Itaporã pretende usar o estádio Douradão para as partidas.

O vice-presidente da FFMS Marco Tavares confirmou o recebimento do ofício e declarou que a diretoria do Itaporã tem até o fim da tarde desta quinta-feira (26) para enviar o laudo do estádio, a autorização do uso do Douradão e contratos com ambulância e equipe de segurança.

Dupla desistência

A vaga “sobrou” para o Itaporã após Cene e Naviraiense desistirem de disputar a competição nacional. O Cene, campeão estadual de 2013, recusou a vaga por falta de condições financeiras e o Naviraiense alegou o mesmo frisando também a falta de tempo para preparação da equipe para o certame. A Série D começa dia 20 de julho e dá quatro vagas para a Série C. Nunca um time de Mato Grosso do Sul passou da primeira fase da competição.

Jornal Midiamax