Geral

Suposto desvio de recurso em programa da Rede Municipal de Ensino será investigado

A 29ª Promotoria de Justiça da Comarca de Campo Grande converteu o procedimento preparatório em Inquérito Civil nº 071/2013, eventual desvio de recurso em programa da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande. A informação foi publicada no Diário Oficial do Ministério Público Estadual desta quarta-feira (30).  Será apurada irregularidade em possível desvio de recursos […]

Arquivo Publicado em 30/04/2014, às 13h52

None

A 29ª Promotoria de Justiça da Comarca de Campo Grande converteu o procedimento preparatório em Inquérito Civil nº 071/2013, eventual desvio de recurso em programa da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande. A informação foi publicada no Diário Oficial do Ministério Público Estadual desta quarta-feira (30). 

Será apurada irregularidade em possível desvio de recursos do Programa Escola Viva, implantado na Rede Municipal de Ensino (Reme). A acusação é de que trabalhadores que não prestaram serviços à Prefeitura de Campo Grande teriam sido remunerados pela direção da Escola Municipal Prof. Fauze Scaff Gattas Filho, no Bairro Jardim Carioca.

A promotora de Justiça Ana Carolina Lopes de Mendonça Castro conduzirá as investigações.

Jornal Midiamax