Geral

Sobre Thiago Silva, Dana White garante: “nunca mais vai lutar no UFC”

A carreira do brasileiro Thiago Silva no UFC chegou ao fim. Depois de ser preso nesta manhã por invadir uma academia de jiu-jítsu armado para tirar satisfação com o professor da sua mulher, o lutador foi desligado da competição mais importante do MMA. E para o mandachuva da organização Dana White, é uma decisão sem […]

Arquivo Publicado em 07/02/2014, às 19h42

None

A carreira do brasileiro Thiago Silva no UFC chegou ao fim. Depois de ser preso nesta manhã por invadir uma academia de jiu-jítsu armado para tirar satisfação com o professor da sua mulher, o lutador foi desligado da competição mais importante do MMA. E para o mandachuva da organização Dana White, é uma decisão sem volta.

“Esse cara nunca mais vai competir dentro do UFC”, declarou o presidente da entidade ao site americano TMZ Sports.

Ainda de acordo com a página, especialista principalmente em ‘fofocas’ envolvendo celebridades, Thaysa Silva, mulher de Thiago, havia entrado com um pedido de restrição contra seu marido, alegando “problemas com drogas”.

“Eu não estou segura na minha própria casa. Eu não posso mais viver falando ‘sim’ e ‘desculpa’ por tudo. Tenho muito medo dele”, escreveu Thaysa em documentos revelados pelo site norte-americano.

Os documentos, datados de 6 de janeiro, não detalham quais problemas relacionados à drogas Thiago possui, mas revelam um comportamente violento do lutador mesmo fora dos ringues.

“Meses atrás ele me agarrou e me empurrou”, escreveu Thaysa, reclamando da atitude do marido, que chegou a rasgar seu uniforme de trabalho durante a investida agressiva.

Thiago Silva tinha luta marcada para o dia 15 de março em Dallas, nos Estados Unidos, contra Ovince St. Preux, pelo UFC 171.

Jornal Midiamax