Geral

Servidores municipais abrem negociação salarial e indicam possibilidade de greve

A reunião entre o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Marcos Tabosa e o prefeito Gilmar Olarte (PP) nesta segunda-feira (28) abriu oficialmente as negociações entre a categoria e a administração municipal, visando o reajuste salarial. Mesmo hoje sendo o primeiro encontro, o dirigente sindical afirmou que uma proposta já foi encaminhada à administração […]

Arquivo Publicado em 28/04/2014, às 13h45

None
632147991.jpg

A reunião entre o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Marcos Tabosa e o prefeito Gilmar Olarte (PP) nesta segunda-feira (28) abriu oficialmente as negociações entre a categoria e a administração municipal, visando o reajuste salarial.

Mesmo hoje sendo o primeiro encontro, o dirigente sindical afirmou que uma proposta já foi encaminhada à administração no último dia 3, com o objetivo de dar condições para a equipe da prefeitura analisar a reivindicação,com antecedência.

“A nossa pedida é de 25% de aumento linear mais 43 ajustes. Acreditamos que é possível sermos atendidos. Não nos importa o que outras categorias estão pedindo, o quer quero deixar claro é que nós (servidores) não vamos pagar a conta”, afirmou.

O dirigente adiantou ainda que está marcada para hoje uma assembléia da categoria para debater o posicionamento da prefeitura em relação a este primeiro encontroe a partir de então será declarado estado de Greve.

“Este procedimento é uma demonstração que estamos preparados para a greve caso as negociações sofram algum entrave”, afirmou Tabosa.

Jornal Midiamax