Geral

Sem poda da prefeitura, árvore com galhos na rua é atingida e destrói dois veículos

Uma árvore de mais de dez metros de altura caiu nesta terça-feira (25) na Rua João Rosa Pires e destruiu dois carros que estavam estacionados. Os moradores já sabiam que a árvore ia cair e há quatro meses aguardam equipes da prefeitura que prometeram podá-la em até quinze dias. Segundo Newton Cabral, de 76 anos, […]

Arquivo Publicado em 25/02/2014, às 14h19

None
1194662178.jpg

Uma árvore de mais de dez metros de altura caiu nesta terça-feira (25) na Rua João Rosa Pires e destruiu dois carros que estavam estacionados. Os moradores já sabiam que a árvore ia cair e há quatro meses aguardam equipes da prefeitura que prometeram podá-la em até quinze dias.

Segundo Newton Cabral, de 76 anos, que teve o veículo Corcel atingido, a tragédia estava anunciada. “Protocolamos pedido de poda na prefeitura porque os galhos chegam na rua e os caminhões empurram a árvore, que está para cair. A gente sabia que isso ia acabar acontecendo”.

A mulher, Marlene Cabral, de 69 anos, disse que chegou a ligar na prefeitura pedindo para contratar uma empresa para fazer o serviço. “A gente falou que estava perigoso, mas falaram que se nós mesmos fizéssemos a poda, seríamos multados. Já pensou se cai em alguém? A gente avisou que ia acontecer”, reclamou.

Paulo Henrique, de 29 anos, é proprietário do Celta atingido pela árvore. Ele disse que estava voltando do trabalho quando estacionou o carro. Em seguida, o caminhão passou e derrubou a árvore.

O motorista do caminhão, Valter Fagner, disse que conseguiu apenas desviar de um dos galhos. “Eu só vi o galho da outra árvore, que também está na rua, e consegui desviar. Quando consegui me deparei com esta outra, aí não deu tempo. Não sei como deixam um galho chegar à rua desse jeito”, observou.

O proprietário do Corcel disse que vai acionar um advogado para pedir da prefeitura o reparo no veículo. “Nós avisamos, pedimos para resolver, falamos que íamos resolver e nada foi feito. Eu quero meu carro de volta”, avisou.

Jornal Midiamax