Geral

Seleção aceita irritação e bronca de Felipão: vamos melhorar

O tempo vai ficando mais curto e a cobrança de Felipão vai aumentando, como ficou claro na atividade deste domingo na Granja Comary. Para o lateral Maxwell, que concedeu entrevista coletiva neste domingo, é natural que a ela exista em uma preparação para a Copa do Mundo. “Ele reclamou principalmente de situações de contra-ataque e […]

Arquivo Publicado em 01/06/2014, às 17h42

None
1647796653.jpg

O tempo vai ficando mais curto e a cobrança de Felipão vai aumentando, como ficou claro na atividade deste domingo na Granja Comary. Para o lateral Maxwell, que concedeu entrevista coletiva neste domingo, é natural que a ela exista em uma preparação para a Copa do Mundo.


“Ele reclamou principalmente de situações de contra-ataque e temos que estar atentos. Ele diz como matar os contra-ataque, mas coletivos nunca são como os jogos” disse o lateral. Mais tarde, em entrevista à Rede Globo, o treinador disse que não gostou da atuação da equipe titular na atividade.


“Ele dá o conselho para mehorarmos. Ele já tem ideia de como queremos melhorar. Tem confiança na gente e ele sabe que a decisão que ele tomar o time inteiro vai aceitar”, afimou, reforçando o papel de líder de Felipão. “É importante a presença do treinador cobrando, dando alguns toques. Ele tem a voz de comando do grupo, a gente que tem que aceitar e começar e melhorar”.


As declarações de Maxwell foram parecidas com as de Dante. O zagueiro, que será titular no lugar de Thiago Silva no amistoso de terça-feira, foi um dos jogadores cobrados por Felipão e deu razão à irritação.


“A Irritação foi em relação à desatenção em escanteios e cruzamentos. Foi mais sobre a nossa reação. Bola parada origina 50% dos gols de cada equipe e temos que ter cuidado em Copa do Mundo”, disse.


Na situação exemplificada por Dante, Felipão mostrou irritação com o posicionamento da zaga em escanteior e foi forte nas cobrança: “tem 10 jogadores marcando na área, não pode deixar concluir”.


Os jogadores vão ser liberados após o almoço para poder dar uma volta com as famílias pela cidade de Teresópolis e terão que se reapresentar às 17h (de Brasília), na Granja Comary para, em seguida, viajar a Goiânia.

Jornal Midiamax