Geral

Segundo dia de greve dos bancários fecha 28 agências na região sul do Estado

No primeiro dia de greve dos bancários, 28 agências ficaram fechadas nas cidades da região sul do Estado. De acordo com nota publicada no site do Sindicato dos Bancários de Dourados e Região, estão fechadas 22 agências em Dourados, três em Fátima do Sul, duas em Deodápolis e uma em Nova Alvorada do Sul. Conforme […]

Arquivo Publicado em 01/10/2014, às 18h00

None

No primeiro dia de greve dos bancários, 28 agências ficaram fechadas nas cidades da região sul do Estado. De acordo com nota publicada no site do Sindicato dos Bancários de Dourados e Região, estão fechadas 22 agências em Dourados, três em Fátima do Sul, duas em Deodápolis e uma em Nova Alvorada do Sul. Conforme a nota, a paralisação transcorreu sem nenhum incidente.


Em Campo Grande, 54 agências bancárias e mais 36 unidades, entre eles os postos de atendimento, de Campo Grande estão fechadas em adesão a greve que começou nesta terça-feira (30). Faltam 70 agências, em um total de 130 paralisarem as atividades.


A última proposta dos bancos foi de reajuste salarial de 7,35%, aumento real de 0,94%. Longe do que os trabalhadores reivindicam 12,5%.


Greve


A greve foi deliberada após cinco rodadas de negociação da Campanha Salarial 2014, a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos). O sindicato de Campo Grande faz parte da Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro) representa 134 sindicatos no país. No Brasil, há cerca de 500 mil bancários.


Em 2013, os bancários ficaram em greve por 23 dias. Na Capital, a greve chegou a atingir 97% das agências bancárias.

Jornal Midiamax