Geral

Saiba como proteger os cachorros dos fogos e barulhos durante a Copa

A Copa do Mundo tem festa nas ruas, rojões, fogos e gritaria por todos os cantos da cidade. Torcedores vibrando com os jogos do Mundial, mas tudo isso é um pesadelo para os animais, principalmente para o melhor amigo do homem. Os cachorros não ficam nada felizes nessa época e quem tem o animal em […]

Arquivo Publicado em 12/06/2014, às 14h33

None

A Copa do Mundo tem festa nas ruas, rojões, fogos e gritaria por todos os cantos da cidade. Torcedores vibrando com os jogos do Mundial, mas tudo isso é um pesadelo para os animais, principalmente para o melhor amigo do homem.

Os cachorros não ficam nada felizes nessa época e quem tem o animal em casa sabe bem o que acontece durante os jogos da seleção. Por isso, é preciso ter muito cuidado. Com a audição 75 vezes mais potente do que a dos humanos, os caninos se sentem muito mais incomodados com o barulho da festa, podendo desenvolver traumas e até doenças.

De acordo com a médica veterinária Bárbara Bastos, uma dica superimportante em época de Copa do Mundo é deixar o cachorro sempre perto do dono para ele se sentir seguro e protegido. “A dica é deixar seu animal sempre por perto seja dentro de casa ou no quintal para ajudar a tranquilizá-lo”, ressalta.

A veterinária explicou que as reações fisiológicas são as que mais preocupam, já que o aumento da frequência cardíaca e respiratória pode ser altamente prejudicial, dependendo da idade e da doença que o cão possa ter. Bárbara recomenda que durante os jogos os donos deem calmantes naturais um dia antes das partidas. “Eu indico sempre o calmavet, que é um calmante natural que ajuda o animal a ficar mais tranquilo, além de sugerir que coloquem um pedacinho de algodão no ouvido dele para minimizar o barulho”, afirma à veterinária.

A médica veterinária disse para nunca aplicar sedativos nos animais porque esse método não ajuda e o cachorro fica ainda mais traumatizado.

Para aqueles que querem amenizar os transtornos em seus animais preparamos algumas dicas para que seu melhor amigo fique tranquilo durante os jogos da Copa do Mundo:

1- Coloque a placa de identificação no seu animal. Assim se ele fugir, a chance de ele ser encontrado é muito maior.

2- Acomode-o dentro de casa, em um lugar onde ele possa ficar em segurança, se possível com o som ligado com música em alto volume.

3- No dia de jogos dê alimentos leves, pois distúrbios digestivos provocados pelo pânico podem até matar o seu animal. Torção de estômago, por exemplo.

4- Não deixe muitos cães juntos, pois irritados pelo barulho, podem brigar até a morte. Tente deixá-los em quartos separados na hora dos fogos.

5- Jamais deixe o animal acorrentado, pois ele acaba se enforcando em função do pânico. O ideal é deixá-lo em um recinto fechado, sem as correntes e guia.

6- Alguns veterinários recomendam o uso de tampões de algodões no ouvido que podem ser colocados minutos antes e retirados logo após os fogos. Esse procedimento ajudará muito a aliviar o desespero que sentem na hora dos fogos.

7- Piscinas também podem oferecer risco de morte ao seu animal. Deixe a piscina protegida e os animais bem longe dela.

8- Se puder fazer o mesmo com animais comunitários, ou os que estão na rua, isso poderá salvar a vida dele, evitando atropelamentos.

9- Com esses procedimentos simples você estará protegendo o seu melhor amigo.

Jornal Midiamax