Reinaldo fala em descentralizar desenvolvimento e cobrar reciprocidade de empresas

O candidato do PSDB ao governo estadual, Reinaldo Azambuja, respondeu à pergunta da estudante Ana Renata Parahyba no segundo bloco do debate promovido pelo Midiamax nesta segunda-feira (18). Ela questionou sobre as oportunidades que podem ser dadas aos jovens no mercado de trabalho. Reinaldo comentou que é preciso cobrar reciprocidade das empresas no que diz […]
| 19/08/2014
- 04:21
Reinaldo fala em descentralizar desenvolvimento e cobrar reciprocidade de empresas

O candidato do PSDB ao governo estadual, Reinaldo Azambuja, respondeu à pergunta da estudante Ana Renata Parahyba no segundo bloco do debate promovido pelo Midiamax nesta segunda-feira (18). Ela questionou sobre as oportunidades que podem ser dadas aos jovens no mercado de trabalho.

Reinaldo comentou que é preciso cobrar reciprocidade das empresas no que diz respeito às leis de incentivos fiscais, no que chamou de inversão de prioridades. Ou seja, que as beneficiárias da iniciativa privada tenham obrigações, como dar o primeiro emprego aos jovens, questão que tem sido deixada de lado nas legislações desta área, ainda conforme a resposta do tucano.

Ele continuou dizendo que defende o desenvolvimento descentralizado, abrangendo todas as regiões do Estado. Ressaltou que algumas regiões empobreceram nos últimos anos.

O comentário à resposta foi feito por Professor Monje (PSTU). Ele disse que seu partido é contrário a qualquer tipo de benefício às empresas nos moldes das atuais leis de incentivos fiscais.

“Não há lei que exige que parem de demitir os trabalhadores”, comentou, dizendo que os incentivos fazem cair a arrecadação estadual, o que por consequência faz faltar verba pública para áreas prioritárias, como saúde, educação, transporte e moradia.

Últimas notícias