Geral

PTN desmente desistência e admite que ‘conversa’ com grandes partidos para governo

O PTN (Partido Trabalhista Nacional) desmentiu nesta terça-feira (24) desistência na corrida eleitoral para o governo do Estado. De acordo com o presidente estadual da sigla, Cláudio Sertão, o partido mantém a pré-candidatura de Luiz Pedro Guimarães, mas admite que “conversa” com PMDB e PT, como plano B para disputar as eleições deste ano. No […]

Arquivo Publicado em 24/06/2014, às 22h21

None

O PTN (Partido Trabalhista Nacional) desmentiu nesta terça-feira (24) desistência na corrida eleitoral para o governo do Estado. De acordo com o presidente estadual da sigla, Cláudio Sertão, o partido mantém a pré-candidatura de Luiz Pedro Guimarães, mas admite que “conversa” com PMDB e PT, como plano B para disputar as eleições deste ano.

No início de junho, Luiz Pedro considerou sua pré-candidatura como uma quarta via ao governo do Estado, e afirmou que faria uma campanha sem palanque. Desta vez, o pré-candidato do PTN está mais cauteloso e prefere aguardar a convenção da legenda, marcada para o dia 30. “Aguardamos as negociações do partido e a decisão de outros partidos para ver os encaminhamentos necessários”, afirmou o pré-candidato. “Mas, continuo pré-candidato”, reiterou.

Sertão confirmou candidatura própria para o governo do Estado, entretanto, admite que o partido negocia com o PMDB e com o PT uma possível coligação. “Existem conversas com esses dois partidos, mas mantivemos nossa candidatura”, disse.

Segundo o presidente estadual do PTN, há interesse em lançar candidatura própria, porém, faltam definir questões internas para homologar a pré-candidatura. Cláudio explicou que Luiz Pedro ainda está em tratativas com outros três partidos para formar uma coligação.

“Estamos conversando com partidos que também desejam uma mudança para compor nosso projeto. Mas, se não conseguirmos formar uma aliança, aí sim, vamos conversar com o PMDB e PT”, afirmou Sertão. “Não podemos trazer uma candidatura irresponsável, sem condições de entrar na disputa. Defendemos o novo mas com uma proposta que atende aos interesses de nossos candidatos”, disse Cláudio Sertão.



Jornal Midiamax