Geral

PSB, Rede, PPS e PRP vão discutir campanha de Eduardo Campos no Estado

O PSB vai definir após o dia 12 de abril seu futuro nas eleições deste ano em Mato Grosso do Sul. Lideranças nacionais do partido têm encontro marcado, em Campo Grande, com líderes locais da própria legenda, além do grupo Rede, PPS e PRP. Segundo o vereador Carlão, o principal objetivo do encontro é discutir […]

Arquivo Publicado em 08/04/2014, às 13h32

None

O PSB vai definir após o dia 12 de abril seu futuro nas eleições deste ano em Mato Grosso do Sul. Lideranças nacionais do partido têm encontro marcado, em Campo Grande, com líderes locais da própria legenda, além do grupo Rede, PPS e PRP.

Segundo o vereador Carlão, o principal objetivo do encontro é discutir a campanha de Eduardo Campos (PSB) à Presidência da República. Além disso, deverá ser definido o posicionamento do partido em nível estadual.

O PSB foi convidado pelo PT para indicar o vice do senador Delcídio do Amaral na corrida à Governadoria. Carlão defende esta aliança e indica que parte da base está com ele, mas a tendência das principais lideranças do partido está mais voltada ao governador, André Puccinelli, cujo partido, PMDB, coloca na disputa Nelsinho Trad, ex-prefeito de Campo Grande.

Carlão lembra que, atualmente, o PSB tem 44 vereadores e quatro prefeitos em Mato Grosso do Sul. Entre eles, Murilo Zauith, de Dourados, que foi procurado pelo PT para candidatar-se a vice-governador, mas preferiu manter-se na prefeitura do segundo maior colégio eleitoral do estado.

Jornal Midiamax