Presidente de CPI quer investigação por ‘favorecimento’

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), informou neste domingo que iria determinar a abertura de uma investigação sobre as denúncias publicadas pela revista Veja de que a presidente da estatal, Graça Foster, e ex-dirigentes tiveram acesso prévio a perguntas que seriam feitas a parlamentares durante depoimentos […]
| 04/08/2014
- 15:52
Presidente de CPI quer investigação por ‘favorecimento’

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), informou neste domingo que iria determinar a abertura de uma investigação sobre as denúncias publicadas pela revista Veja de que a presidente da estatal, Graça Foster, e ex-dirigentes tiveram acesso prévio a perguntas que seriam feitas a parlamentares durante depoimentos na comissão e que também receberam as respostas. As informações são do jornal O Globo.

Em nota, Vital do Rêgo ressaltou que qualquer favorecimento que reduza o poder de investigação prejudicaria os trabalhos. “O presidente entende que o favorecimento que possa levar à mitigação do poder investigatório é prejudicial ao trabalho desenvolvido pelo colegiado. Por isso, e ante a necessidade de apurar responsabilidades sobre o material veiculado, além de possíveis infringências legais, determinará a instalação de procedimento próprio para o necessário esclarecimento dos fatos, sem prejuízo ao desenvolvimento dos trabalhos da comissão”, disse a nota.

O relator da CPI mista, deputado Marco Maia (PT-RS), também defendeu as investigações, mas ressaltou que não quer que os problemas da CPI do Senado influenciem na CPI Mista.

Últimas notícias