Geral

Pré-candidato do PSTU diz que pesquisa mostra espaço para ‘campo de esquerda’

O pré-candidato a governador do PSTU, Professor Monge, avaliou que o resultado da pesquisa DATAmax, divulgado nesta quarta-feira (11), revela haver espaço em Mato Grosso do Sul para os partidos de esquerda. Ele disse ter se surpreendido com o próprio desempenho. Monge aparece com 2,10% das intenções de voto, na frente de Sidney Melo (PSOL), […]

Arquivo Publicado em 11/06/2014, às 15h15

None

O pré-candidato a governador do PSTU, Professor Monge, avaliou que o resultado da pesquisa DATAmax, divulgado nesta quarta-feira (11), revela haver espaço em Mato Grosso do Sul para os partidos de esquerda.


Ele disse ter se surpreendido com o próprio desempenho. Monge aparece com 2,10% das intenções de voto, na frente de Sidney Melo (PSOL), que tem 1,5%, e Luis Pedro Guimarães (PTN), com 1%.


“A minha candidatura nem foi lançada e nem oficializada. Nossa convenção vai ser no dia 22. É uma surpresa esse resultado para o partido e para mim. Se aprovarem ou não meu nome, já aparecer mostra que há espaço em Mato Grosso do Sul para o campo de esquerda”, disse.


Apesar de possuírem pré-candidatos a governador, PSTU e PSOL ainda conversam sobre a possibilidade de um deles recuar a pré-candidatura para criar uma frente de esquerda.


A pesquisa DATAmax foi realizada entre os dias 30 de maio e 6 de junho com 1.500 eleitores nos 15 municípios de maior colégio eleitoral em Mato Grosso do Sul.


O senador Delcídio do Amaral (PT) aparece na liderança com 44,9% das intenções de voto, uma vantagem de 16,5 pontos percentuais sobre o segundo colocado, Nelson Trad Filho (PMDB). Em terceiro lugar, com 18,2%, está o pré-candidato Reinaldo Azambuja (PSDB).


Registrado no TRE-MS sob o número 00018/2014, o levantamento tem margem de erro de 2,5%, para mais ou para menos, e o grau de confiança é de 95%.




Jornal Midiamax