Geral

PM que matou ex da namorada está no presídio e responderá a procedimento administrativo

O soldado da polícia militar Geison Martins Soares, 34 anos, que matou o ex-companheiro da namorada, uma jovem de 22 anos, prestou depoimento na Delegacia de Polícia Civil e permanece preso no Presídio Militar Estadual, à disposição da Justiça. De acordo com nota oficial divulgada pela corporação, será instaurado um procedimento administrativo para apurar o […]

Arquivo Publicado em 11/02/2014, às 16h16

None
924686762.jpg

O soldado da polícia militar Geison Martins Soares, 34 anos, que matou o ex-companheiro da namorada, uma jovem de 22 anos, prestou depoimento na Delegacia de Polícia Civil e permanece preso no Presídio Militar Estadual, à disposição da Justiça.


De acordo com nota oficial divulgada pela corporação, será instaurado um procedimento administrativo para apurar o caso e determinar as responsabilidades. O policial também entregou a pistola que usava para ser periciada.


Ameaça – Por volta das 22h30 da segunda-feira (10), o motorista Eliandro Ayala Antunes, 32 anos, invadiu a casa da ex-mulher no bairro Guanandi e fez ameaças, utilizando um simulacro de arma de fogo. O militar, atual namorado da jovem, acabou atingindo Antunes com dois tiros.


Conforme a Polícia Militar, após desarmar o agressor é que o soldado percebeu que a arma era um simulacro de pistola.  O Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) foi acionado, mas o motorista não resistiu aos ferimentos e morreu no local.



Jornal Midiamax