Geral

PM mata ex da namorada que invadiu casa em Campo Grande e ameaçou com arma falsa

Um soldado da Polícia Militar matou o ex-namorado da sua atual companheira em Campo Grande. O motorista Eliandro Ayala Antunes, 32 anos, invadiu a casa da mulher, fez ameaças, e acabou baleado com dois tiros. O caso aconteceu por volta das 22 horas desta segunda-feira (10) na Rua Cabedelo, bairro Guanandi II. O PM Geison […]

Arquivo Publicado em 11/02/2014, às 10h21

None
1510598778.jpg

Um soldado da Polícia Militar matou o ex-namorado da sua atual companheira em Campo Grande. O motorista Eliandro Ayala Antunes, 32 anos, invadiu a casa da mulher, fez ameaças, e acabou baleado com dois tiros. O caso aconteceu por volta das 22 horas desta segunda-feira (10) na Rua Cabedelo, bairro Guanandi II.

O PM Geison Martins Soares, 34 anos, estava na casa da namorada quando o ex-companheiro da mulher apareceu fazendo ameaças no portão. Eliandro chegou em um Palio branco e arrombou o portão e a porta da frente da casa da jovem de 22 anos.

Nesse momento, Geison viu o ex-namorado da mulher com uma arma na mão. Eliandro apontou a arma para a jovem e disse que iria matá-la. No intuito de defendê-la, Geison deu dois tiros em Eliandro, um dos quais atingiu a clavícula.

Com o Eliandro caído, porém vivo e consciente, o PM o desarmou. Nesse momento, segundo relato oficial, o policial teria percebido que Eliandro estaria com um simulacro muito similar a uma pistola.

O PM acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) a própria PM e o Corpo de Bombeiros, para irem até o local e realizarem o socorro. Entretanto, quando o Samu chegou Eliandro já estava morto.

Testemunhas e vizinhos confirmam toda a versão do policial, de que o homem chegou empunhando o simulacro e fazendo ameaças à jovem. Geison foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Piratininga.  O carro em que a vítima chegou também está recolhido na Depac.

Jornal Midiamax