Geral

Persona non grata? Boleiros evitam contato com Roger em camarote

O Carnaval costuma ser uma oportunidade para os astros do mundo da bola se encontrarem. Jogadores e ex-boleiros circulam pelos camarotes e curtem a folia juntos. Bem, toda regra tem uma exceção. E em 2014 ela é o ex-meia e hoje comentarista Roger Flores. Roger, que comenta jogos pelo SporTV e pela Globo, está longe […]

Arquivo Publicado em 04/03/2014, às 22h28

None

O Carnaval costuma ser uma oportunidade para os astros do mundo da bola se encontrarem. Jogadores e ex-boleiros circulam pelos camarotes e curtem a folia juntos. Bem, toda regra tem uma exceção. E em 2014 ela é o ex-meia e hoje comentarista Roger Flores.

Roger, que comenta jogos pelo SporTV e pela Globo, está longe de ser uma unanimidade entre os boleiros e se tornou uma espécie e ‘persona non grata’ entre as estrelas do meio do futebol durante o Carnaval de 2014.

O ex-jogador passou pelo camarote da Brahma na primeira noite de desfiles do Carnaval carioca e foi ignorado por parte dos atletas que também curtiram a folia no espaço VIP.

Pelo menos quatro jogadores ouvidos pela reportagem confirmaram que grande parte dos atletas não gosta de Roger e por isso evitou contato mais próximo com ele.

“Não dá para gostar de um cara que agora está do lado de lá e só fica nos queimando. Cumprimentei apenas por educação”, disse um jogador que pediu para não ser identificado.

Enquanto era deixado de lado pelos boleiros, o comentarista ficou cercado de alguns amigos e amigas. Nenhum deles do mundo do futebol.

Desde que passou a atuar como comentarista no SporTV em 2012, o ex-jogador de Fluminense, Corinthians, Flamengo e Grêmio, entre outros clubes, tem gerado a ira dos jogadores pelos seus comentários e criticas.

Para os boleiros, o comportamento dele quando jogador não o credencia para tal função.

Algumas das vítimas do comentarista Roger, que era conhecido como ‘chinelinho’, foram o volante Edinho, hoje no Grêmio, o meia Vitor Junior e o já aposentado Deco.

Vale lembrar que em 2013, segundo o jornal ‘Extra’, Roger causou polêmica durante o Carnaval ao assumir a amigos que havia traído a então mulher Deborah Secco.

Jornal Midiamax